Carta de um Bebê

Oi mamãe, tudo bom?
Eu estou bem, graças a Deus faz apenas alguns dias que você me concebeu em sua barriguinha.
Na verdade, não posso explicar como estou feliz em saber que você será minha mamãe, outra coisa que me enche de orgulho é ver o amor com que fui concebido.
Tudo parece indicar que eu serei a criança
mais feliz do mundo !!!!!!
Mamãe, já passou um mês desde que fui concebido,
e já começo a ver como o
meu corpinho começa a se formar, quer dizer,
não estou tão lindo como você,
mas me dê uma oportunidade !!!!!!
Estou muito feliz!!!!!!
Mas tem algo que me deixa preocupado...
Ultimamente me dei conta de que há algo na sua
cabeça que não me deixa dormir, mas tudo bem,
isso vai passar, não se desespere.
Mamãe, já passaram dois meses e meio, estou muito feliz com
minhas novas mãos e tenho vontade de usá-las para brincar...
Mamãezinha me diga o que foi?
Por que você chora tanto todas as noites??
Porque quando você e o papai se encontram,
gritam tanto um com o outro?
Vocês não me querem mais ou o que?
Vou fazer o possível para que me queiram...
Já passaram 3 meses, mamãe,
te noto muito deprimida, não entendo
o que está acontecendo, estou muito confuso.
Hoje de manhã fomos ao médico e ele marcou
uma visita amanhã.
Não entendo, eu me sinto muito bem....
por acaso você se sente mal mamãe?
Mamãe, já é dia, onde vamos?
O que está acontecendo mamãe??
Porque choras??
Não chore, não vai acontecer nada...
Mamãe, não se deite, ainda são 2 horas da tarde,
não tenho sono, quero continuar brincando
com minhas mãozinhas.
Ei !!!!!! O que esse tubinho
está fazendo na minha casinha??
É um brinquedo novo??
Olha !!!!!! Ei, porque estão sugando minha casa??
Mamãe !!!!
Espere, essa é a minha mãozinha!!!!
Moço, porque a arrancou??
Não vê que me machuca??
Mamãe, me defenda !!!!!!
Mamãe, me ajude !!!!!!!!
Não vê que ainda sou muito pequeno
para me defender sozinho??
Mãe, a minha perninha, estão arrancando.
Diga para eles pararem, juro a você que vou me comportar bem e que não vou mais te chutar.
Como é possível que um ser humano possa fazer isso comigo? Ele vai ver só quando eu for grande e forte.....
ai.....
mamãe, já não consigo mais...
ai...
mamãe, mamãe, me ajude...

Por favor, não chore, lembre-se
que te amo muito,
Te amo muito
Seu bebê.
QUE DEUS TENHA PENA DE NOSSAS ALMAS!

Digam NÃO ao aborto!

Igreja Evangélica do Voto do Otário



Nesses últimos anos temos visto um fato muito "interessante" no meio evangélico brasileiro. Trata-se do desejo ardente de "evangelizar" aqueles que já têm idade para participar das eleições que definirão o futuro político e social do nosso país. São os "FULANOS DE JESUS", "BELTRANOS DE DEUS", MISSIONÁRIA COISA E TAL etc. Todos ansiosos pelo seu voto "ungido". Passamos anos sem ver seus projetos postos em prática, mas mesmo assim não são poucos os que têm como slogan "irmão vota em irmão". Depois de eleitos, muitos se envolvem em escândalos diversos, e às vezes SÃO MAIS FIÉIS AOS IDEAIS DE SEU PARTIDO DO QUE AOS PRINCÍPIOS BÍBLICOS, prestando um desserviço ao evangelho. Votam CONTRA as comissões parlamentares de inquérito(cpi's) MESMO SABENDO QUE O INVESTIGADO NÃO TEM UMA CONDUTA ILIBADA, pois procuram agradar mais aos homens do que a Deus, dando evidência de que não são servos de Cristo (conforme Gl 1.10). Usam o nome do Criador "marqueteiramente", quebrando o 3° mandamento, que é "não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão..."(Êx 20.7). Mercadejam a fé ao ludibriar aqueles a quem chamam de irmão. O pior de tudo isso é que a grande massa vota no "cidadão", depois em sua mulher, seus filhos etc, só porque são evangélicos nominais, pois geralmente não sabemos de sua conduta, quer na igreja quer fora dela. Isso é o reflexo de um "evangeliquês" que só vive de êxtase psicológico, de uma conduta anti social, de uma separação radical de tudo o que ocorre no mundo, inclusive no que diz respeito às responsabilidades sociais. O evangelho no nosso país tem sido o do avivamento QUE NÃO AVIVA NADA! Não há consciência de que temos de ser "luz do mundo e sal da terra"(Mt 5.13,14). Se as estatísticas dizem que já somos quase um terço da população, porque será que não sentimos nenhuma melhoria moral e política? DE QUAL MODO TEMOS "SALGADO E ILUMINADO" nossa sociedade nesses períodos de ELEIÇÃO? Temos feito isso? NÃO! O QUE VEMOS É MUITO CRENTE SE ILUDINDO COM AS JÁ CONHECIDAS "CRUZADAS POLÍTICO-EVANGELÍSTICAS" que só afundam a massa iletrada no obscurantismo e fanatismo de uma cristandade alheia aos ensinos bíblicos. Que Deus nos ajude a escolher políticos sérios(se possível, cristãos de fato), pois temos visto muitos políticos pseudo-cristãos que não cumprem as suas obrigações nem com "César" e nem com Deus, MAS COM MAMOM(o deus do dinheiro)...
Por Anderson Teixeira.

Final de Semana: Beber, cair e levantar?

 
 Jesus respondeu, e disse-lhe: Se tu conheceras o dom de Deus, e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva. Jo 4:10




Vem chegando o fim de semana e com ele os programas de sempre, um barzinho da esquina com os amigos, um espetinho de gato regada a muita cerveja, um bar que toca música brega, para outros que são mais exigentes  boates  especializadas em todas as faixas etárias e gostos musicais e sexuais também.
Eu conheço pessoas que simplesmente não conseguem estar felizes se não estiverem com uma garrafa de whisky na mão, o importante para muitos não é apenas beber mas sim beber e ficar bêbado, existe uma música conhecida nas terras recifenses que fala justamente disso, quem nunca ouvir o refrão "vamos embora pro bar, beber, cair e levantar!".
Já outros afirmam terem ficado com várias garotas em uma noite e meninas também se gloriam disso e a mais nova maneira de se drogar, o I DOSER programa que emite ondas sonoras que alteram as ondas normais do cérebro deixando a pessoa totalmente "chapada". Esses sons simulam efeitos da cocaína, orgasmos, maconha, LSD, etc. Jovens estão consumindo aos montes,  a polícia não pode fazer nada porque esse tipo de "droga virtual" ainda não consta como crime. E os traficantes operam livremente no Orkut e em outras páginas do gênero. Detalhe os organizadores do site já confirmaram que irão fazer uma rave em Recife brevemente.
Ao analisarmos tudo isso ficamos a nos perguntar, por quê?
Vazio. Essa é a resposta para essas pessoas que vivem andando por ai noites a fio em busca de um pouco de alegrias para suas vidas. Estão como uma terra seca, desprovida de qualquer beleza ou viço. É interessante notar a aparência dessas pessoas, me parecem cansadas, angustiadas, exaustas... mas, mesmo assim estão lá e para piorar no outro dia a maioria adoece, a famosa ressaca. Jesus, por amor, quis resgatar esse homem e se apresenta aqui como a água da vida. Sabemos bem o que é uma terra sem água, sabemos bem o que é um corpo sem água, água é vida e Cristo quer dar essa vida a todos os seus Eleitos.
Ao ler esse artigo não finja que não é com você, sim isso é para você também! Cristo veio para salvar sua vida desse vazio,  ele prometeu e dá a vida abundante aqui na terra como também nos céus a partir do momento que corrermos aos pés do Salvador a partir desse momento ele nos vai enchendo de paz e alegria e sua água traz a vida eterna! Caso Você sinta o desejo no coração de conhecer mais dessa água e dessa vida e dessa paz  mande-nos um e-mail  teremos prazer de respondê-lo.

Batismo com o Espírito Santo e com Fogo




por
Felipe Sabino de Araújo Neto

“E eu, em verdade, vos batizo com água, para o arrependimento; mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu; não sodigno de levar as suas sandálias; ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo” (Mateus 3:11).
A nossa intenção neste pequeno artigo não é analisar de uma forma geral o ensinamento antibíblico de um batismo com o Espírito Santo pós-conversão, defendido pelos pentecostais e neopentecostais. Antes, queremos atentar para a passagem acima e ver à luz das Escrituras o que significa o “batismo com o Espírito Santo e com fogo” (vale ressaltar que esta é uma das passagens prediletas dos pentecostais e neopentecostais, a qual eles afirmam ensinar a necessidade de um revestimento de poder para os crentes após a conversão).
Tanto pentecostais como muitos reformados crêem que “o batismo com o Espírito Santo e com fogo” se refere ao batismo que os crentes genuínos recebem (é claro que a diferença quanto ao tempo desse recebimento e a extensão do mesmo é fundamental entre esses dois grupos). Mas o que diz “a Lei e o Testemunho”?
Primeiramente, vejamos o contexto da passagem:
7 - E, vendo ele muitos dos fariseus e dos saduceus que vinham ao seu batismo, dizia-lhes: Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura? 8 - Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento 9 - e não presumais de vós mesmos, dizendo: Temos por pai a Abraão; porque eu vos digo que mesmo destas pedras Deus pode suscitar filhos a Abraão. 10 - E também, agora, está posto o machado à raiz das árvores; toda árvore, pois, que não produz bom fruto é cortada e lançada no fogo. 11 - E eu, em verdade, vos batizo com água, para o arrependimento; mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu; não sou digno de levar as suas sandálias; ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo. 12 - Em sua mão tem a pá, e limpará a sua eira, e recolherá no celeiro o seu trigo, e queimará a palha com fogo que nunca se apagará. (Mateus 3:7-12, ênfase adicionada).
Analisando cuidadosamente o discurso de João Batista, vemos que a expressão “batizará com o Espírito Santo e com fogo” refere-se a dois batismos distintos para duas classes de pessoas distintas:
- O batismo com o Espírito é para o trigo, ou seja, para aqueles que produziram, pela graça de Deus, frutos dignos de arrependimento. O trigo é recolhido no Seu celeiro em virtude de ser algo muito valioso, muito precioso.
- O batismo com fogo é para a palha, ou seja, para aquelas “árvores” que não produziram frutos, as quais serão cortadas e lançadas no fogo. Assim, a palha será separada do trigo, ou seja, os ímpios dos bons, e será queimada no fogo que nunca se apaga.
Além do mais, João Batista não estava se dirigindo aos discípulos dele ou de Cristo. Ao contrário, ele falava com os “fariseus e saduceus” que estavam querendo se batizar, sem demonstrar arrependimento. A esses ele diz: “Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura?”. Certamente João Batista não prometeria um batismo com Espírito Santo para tais pessoas.
Portanto, ao invés do “batismo com fogo” ser uma promessa para os crentes, ele é uma frase expressiva dos terríveis julgamentos que Ele (Jesus) infligiria sobre a nação Judia e sobre todos quantos morressem impenitentes; quando Ele os condenará pelo pecado de rejeitá-Lo; e quando Ele aparecer como o “fogo do ourives” e como o “sabão dos lavandeiros” (Malaquias 3:2); quando “o dia do Senhor” vier “ardendo como forno” (Malaquias 4:1); quando Ele “limpar o sangue de Jerusalém”, Seu próprio sangue e o sangue dos Apóstolos e Profetas derramados nela, “do meio dela, com o espírito de justiça e com o espírito de ardor”; o batismo com fogo é o mesmo que a “ira vindoura”, com a qual os ouvintes de João Batista são ameaçados no contexto, na ocasião da qual as árvores infrutíferas “serão cortadas e lançadas no fogo” e a “palha” será queimada com fogo que nunca se apaga.
Aqueles que insistem em afirmar que o “batismo com o Espírito Santo e com fogo” se refere a um só batismo, experimentado pelos crentes, costumam apelas para Atos 2:3 como prova de sua teoria. Contudo, lemos assim nesse verso: “Apareceram línguas como de fogo, pousando sobre cada um deles”. Note que as línguas eram COMO de fogo e não DE fogo, ou seja, elas tinham apenas aparência de fogo. Além do mais, não vemos este ato repetido em numa parte da Bíblia. Até mesmo no batismo de Cornélio e de sua casa, o qual Pedro afirma ser o mesmo fenômeno experimentado por ele e os outros apóstolos, as “línguas como de fogo estão ausentes”. Poderíamos ainda dizer que se “línguas como de fogo” fosse cumprimento de “batismo com fogo”, esta promessa não é para nós, visto que ninguém, senão os 120 reunidos no cenáculo no dia de Pentecoste , experimentou isso em toda a história cristã.
É verdade que, como Calvino disse, é Cristo quem concede o Espírito de regeneração, e que, como o fogo, este Espírito nos purifica retirando a nossa imundícia. O Espírito tanto ilumina como purifica. Contudo, Mateus 3:11 não se refere a esta obra purificadora nos crentes, mas ao juízo final preparado para os ímpios. Portanto, concluímos com o puritano Dr. John Gill: “E como este sentido [o de julgamento para os ímpios] melhor concorda com o contexto, creio ser ele o genuíno; visto que João não está falando para os discípulos de Cristo, que ainda não tinham sido chamados, e que somente no dia de Pentecostes foram batizados com o Espírito Santo e com fogo, no outro sentido desta frase [no sentido de fogo como a obra da graça purificadora para os crentes – ver Isaías 6:6,7; Zacarias 13:9; Malaquias 3:3; 1 Pedro 1:7]; mas ele se dirigia aos Judeus, alguns dos quais tinham sido batizados por ele”.
Cuiabá-MT, 19 de Maio de 2004.


ARTIGO EXTRAÍDO DO SITE REFORMADO http://www.monergismo.com/


Tem coisa que só o PENTECOSTALISMO faz p/ você...






Assembléia de Deus Garagem de Fogo; Casa de Davi; Benny Himm...




"Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cerca-se-ão de mestres segundo as suas próprias cobiças... e se recusarão a dar ouvidos à verdade, entregando-se à fábulas". 2Tm 4.3,4.
"Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios, pela hipocrisia dos que falam mentiras e que têm cauterizada a sua própria consciência..." 1Tm 4.1,2
E AÍ, ONDE É QUE AS ESCRITURAS DEFENDEM TUDO ISSO? COM A PALAVRA OS PENTECOSTAIS...

TIPOS DE CRENTE II

Crente pipoquinha esse eu nao quero ser vive pulando de igreja em igreja!
 Crente picolé, esse nao da pé!
está sempre gelado, sem amor, perdeu a fé!

Crente gelatina eu não quero ser,
Fica balançando não sabe no que crer.
Vive sem firmeza é mole demais.
Crente gelatina
Eu não quero ser jamais

SÍNDROME DE MARTA!




                                            SÍNDROME DE MARTA!

Lucas 10:41  Respondeu-lhe o Senhor: Marta! Marta! Andas inquieta e te preocupas com muitas coisas. 


Este é um blog voltado para crentes e descrentes mas gostaria de falar hoje de uma síndrome que tem acometido vários crentes últimamente chamada a síndrome de Marta, você não conhece? bem, de forma breve iremos tratar um pouco mais a respeito desse assunto.
 São muitos os meios de se chegar ao conhecimento de Deus mas, como podemos ter certeza de não estarmos agindo mecânicamente? Não podemos por exemplo achar que conhecemos a Deus só porque frequentamos uma igreja, ou somos filhos de um pastor, ou de algum membro antigo da comunidade.
Será que há uma maneira de testar nossa real comunhão com Deus?
cremos que é texto de Deuteronômio 30:16a. tem uma pista.
  Se guardares o mandamento que hoje te ordeno, que ames o SENHOR, teu Deus, andes nos seus caminhos, e guardes os seus mandamentos, e os seus estatutos, e os seus juízos, então, viverás...  

Dá para perceber qual é o princípio?  Ame....ame depois faça não faça para amar.  O problema é que muito crente hoje em dia tem confundido conhecimento e comunhão com Deus com ativismo religioso e cai no problema de Marta. Afinal, Marta estava fazendo o melhor para Jesus, o Rei dos Reis estava em sua casa e ela simplesmente não conseguia ficar parada! e o que jesus lhe responde ?...Marta, Marta pouco é necessário ou mesmo uma só coisa...(Lc 10.42) e que coisa era essa? o AMOR.
Aí sim pomos as coisas nos seus devidos lugares eu O amo... O conheço... sou íntimo DELE...escuto SUA voz...e ajo.  Lembremos que o povo de Israel era perito em praticar uma religião (Is 1:11-17) porém tudo de forma mecânica e sem vida, o povo estava acostumado com o sagrado e não dava mais o valor devido porque não conhecia mais, nem amava seu Salvador.
Portanto, meus irmãos ame, gaste tempo lendo a bíblia escutando sua voz, orando porque só assim você estará apto a fazer alguma coisa lembre sua capacidade é zero e tudo que possa fazer não adiantará nada porque ELE é quem pode tudo. Amém. 

CANSEI DA TEOLOGIA DA PROSPERIDADE

cansei.gif
Cansei de ouvir pregadores da prosperidade dizerem que precisamos decretar a nossa vitória e visualizar a nossa benção material;
Cansei de ouvir pregadores da prosperidade gritarem para Deus reivindicando suas petições;
Cansei de ouvir pregadores da prosperidade dizendo que “salário mínimo” não é coisa de crente;
Cansei dessa teologia que defende que o crente deve morar em mansão, ter carrões, muito dinheiro e nunca ficar doente.
Cansei dessa teologia que valoriza mais as coisas terrenas do que aquelas que são do céu;
Cansei dessa teologia da barganha com Deus, onde você contribui e Ele devolve com juros, correção monetária e muito lucro;
Cansei dessa teologia de fé na fé;
Cansei dessa teologia que ama mais o dinheiro que o próximo;
Cansei dessa teologia consumista, utilitarista e que trata Deus como o Papai Noel;
Cansei dessa teologia da ganância, cujo principal objetivo é fazer com que as pessoas atinjam a independência financeira;
Cansei dessa teologia da auto-ajuda, auto-estima e auto-aceitação;
Cansei dessa teologia que argumenta que Jesus nunca foi pobre;
Cansei dessa teologia que tem criado uma geração de decepcionados nas igrejas;
Cansei dessa teologia pregada e defendida por Valnice Milhomens, Edir Macedo, R.R. Soares, Robson Rodovalho, Oral Roberts, T.L. Osborn, Kenneth Hagin, Kenneth Copeland, Benny Hinn, etc, etc.
Cansei da teologia da prosperidade pois a Bíblia diz: “Não acumuleis para vós outros tesouros sobre a terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam; mas ajuntai para vós outros tesouros no céu, onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam, nem roubam“. (Mat.6.19,20)
Cansei, não da prosperidade - que é dádiva de Deus, mas da teologia que faz dela o principal foco da vida cristã, em detrimento da salvação e das bençãos espirituais.
Se você também já cansou de tudo isso, demonstre sua indignação.


Extraído do blog www.comoviveremos.com

O pecado, a violência e o Evangelho


Cada vez mais a violência tem sido a manchete de muitos veículos de comunicação de massa. Já houve até uma pesquisa apresentando o Estado de Pernambuco como um dos mais violentos do Brasil, concorrendo para que o governo criasse um projeto intitulado "Pacto pela Vida". Este seria um conjunto de ações cuja finalidade era reduzir os índices de criminalidade.


A temática é geralmente analisada por diversos prismas: antropológico, psicológico, sociológico etc. De fato, todos eles têm contribuído como instrumentos de análise. Etretanto, à luz da cosmovisão cristã, existem outros fatores os quais, juntamente com os elencados, explicam o crescimento da maldade humana.


As Escrituras mostram como o homem ficou degradado após a queda (Rm5.12;3.10-17). O pecado está enraizado no coração humano de forma tal que, quando estimulado, suscita uma pluralidade de mazelas (Gl 5.19-21). E é exatamente isso que tem ocorrido no Brasil.


A apologia que a mídia faz à promiscuidade sexual e à quebra do conceito de família tem concorrido, por exemplo, para o aumento dos índices de gravidez precoce. Ora, até empiricamente se percebe que uma adolescente pobre, sem estrutura familiar, não susterá seu filho devidamente. Essa criança crescerá na rua, exposta à criminalidade, alimentando os bolsões de violência. Mas a mídia continua pregando a imoralidade inconseqüente e somente os "cegos funcionais" não vêem os elos que formam a cadeia APOLOGIA À LASCÍVIA/GRAVIDEZ PRECOCE/CRIANÇAS MARGINALIZADAS/VIOLÊNCIA.


Que os eleitos de Deus, a despeito da hostilidade, continuem defendendo os princípios ético-cristãos, os quais têm eficazmente funcionado como elementos de libertação espiritual, moral e social.
Por Anderson José Teixeira Cavalcanti de Barros, Oficial da Polícia Militar de Pernambuco e membro da Igreja Presbiteriana em Beberibe.

Nosso Salvador Veio da Periferia!




Deus realmente gosta de contrariar nossas opiniões, tudo na ótica divina parece estranho e ele faz escolhas "estranhas" também. Gosto muito da imagem de alguém catando feijões geralmente nós separamos as pedras, as palhas, o lixo, os feijões murchos e cozinhamos somente os que consideramos melhores, os "bons" grãos mas, na perspectiva divina ele joga fora os "bons" e justamente os ruins ele escolhe e atrai para si.
Mateus 9:12 Mas Jesus, ouvindo, disse: Os sãos não precisam de médico, e sim os doentes.


Deus começa a contrariar todos os desígnos humanos a partir do nascimento do seu filho Jesus. Nenhum Judeu em sã consciência esperava que seu rei nascesse em uma cidade tão insignificante quanto Belém. Mas, para "piorar" além de nascer em Belém ele viveu em Nazaré.



João 1:46 Perguntou-lhe Natanael: De Nazaré pode sair alguma coisa boa? Respondeu-lhe Filipe: Vem e vê.


Nazaré - vem do hebraico natsrát ; em árabe al-nassira
era uma cidade situada ao norte de jerusalém portanto, bastante longe da capital. Era uma periferia, uma cidade ao redor do grande centro religioso e comercial de então, era predominantemente agrícola.
Conta-se que a região era povoada por bandidos e degredados portanto, por gente de pior qualidade possível, era também muito "misturada" outro pecado mortal para os judeus, eram chamados de pessoas de índole perversa quando queria-se afrontar alguém o chamavam de nazareno. Falvam um hebraico trôpego e possuíam costumes estranhos para os judeus.
Não é de se estranhar portanto o espanto de Natanael quando lhe falaram ter encontrado o Senhor. Ele era um "verdadeiro Israelita" e todo israelita sabia que Jesus não poderia vir de um lugar longe e horripilante como este!  Doce engano!
Assim, mais uma vez Deus demonstra sua "loucura" logo no início do ministério de Cristo revelando que também nos lugares esquecidos e distantes Deus pode suscitar sim algo de bom!
Portanto meus irmãos pense duas vezes antes de menosprezar aquele irmão menos favorecido porque no grande dia justamente aquele, Deus poderá salvar enquanto a você com toda sua sabedoria podera ir para o inferno.

Palestra para jovens cristãos











No próximo sábado, 20 de setembro, às 19h, a Igreja Presbiteriana em Beberibe realizará uma palestra com o tema "Resgatando os valores do jovem cristão". Traga seus parentes e amigos, quer sejam ou não cristãos. Não deixe de participar, pois sua presença é muito importante. O endereço é : Av. Beberibe, 3928, Porto da Madeira, Recife-PE, próximo à Pizzaria do Gordo de Beberibe.

CURAS DOUTOR FRITZ



Atenção: as imagens acima são fortes e podem causar desconforto.



Para conversar com a reportagem do Blog, Kleber Aran disse ter pedido a permissão do Dr. Fritz. "Só aceitei conceder esta entrevista porque Dr. Fritz liberou. Ele me disse que você tem uma energia positiva". O papo aconteceu minutos antes de Kleber Aran "invocar" o espírito do médico alemão e iniciar as intervenções dessa quarta-feira (10) à noite.

Perguntei sobre a possibilidade de filmar o encontro. "Somente Dr. Fritz pode autorizar, você vai ter que perguntá-lo. Não aconselho que faça nenhuma imagem sem a permissão dele", sugeriu Aran. Única repórter a cobrir o encontro da noite, preferi aguardar a "manifestação" da entidade.

Pouco depois da nossa conversa, Kleber Aran "recebeu" Dr. Fritz e deu início ao espetáculo. Gritos, aplausos, pregações e rezas. Em um certo momento, fui convocada: "Repórter, você não queria registrar o momento? Se aproxime, se aproxime", insistiu, em tom alterado.

Em outro momento, me pediu para participar da "cura da sinusite" e retirar uma tesoura do nariz de um senhor, conforme o internauta pode assistir no vídeo acima. Gentilmente recusei a tarefa, apesar da insistência, e fui taxada de "medrosa" pelo próprio terapeuta. Segundo disse anteriormente, quando invoca Dr. Fritz, Kleber Aran incorpora características do médico alemão, "o jeito ríspido".

Ainda cheguei a ser repreendida num outro momento, por estar sentada de pernas cruzada. "Descruze as pernas", disparou um dos seguranças do terapeuta. Atrapalha a energia, segundo contaram.

Comentário: Interessante notar que o medico apesar de ser alemão não consegue falar seu idioma de origem!


fonte: http://jc.uol.com.br/blogs/blogjamildo/

Mundo da Informatica

Alguém ja disse que a informática veio resolver todos os problemas que você nao tinha antes!

Crise de Espiritualidade

          Nos dias atuais os cristãos tem vivido dias muito difíceis. Aqueles que desejam buscar a Deus em espírito e em verdade tem esbarrado com algo que pode ser qualquer coisa menos o evangelho. O que sempre escutamos é um discurso triunfalista, no qual ouvimos sempre que iremos obter vitória e ao sairmos do culto, muitas vezes estamos mais vazios do que entramos. Mas, se Cristo nos promete a vida e vida abundante, a igreja nos promete vitória e andamos cada dia mais secos e vazios o que anda de errado? sera pecado oculto? Será que preciso quebrar alguma corrente de maldição hereditária? Ou quem sabe dar alguns nós na minha camisa preta?
           Bem meus irmãos, parece que o problema para nosso esgotamento espiritual tem uma solução muito mais simples e sem maiores dificuldades de ser aplicada.
A resposta para ter-se uma vida abundante prometida por Jesus é fácil de ser alcançada apenas devemos ter uma postura como eram os irmãos bereanos.
e como eles eram?Leiamos Atos 17:11 Ora, estes de Beréia eram mais nobres que os de Tessalônica; pois receberam a palavra com toda a avidez, examinando as Escrituras todos os dias para ver se as coisas eram, de fato, assim. 
 Vemos que esses crente liam a biblia avidamente ou seja, liam com fome de aprender, liam com gosto, querendo ver se as coisas eram realmente assim! Buscavam na escritura se a palavra do pastor "batia" com o todo que é a Biblia. 
        E o que temos visto hoje em dia? será que ao vermos um sinal miraculoso questionamos se está realmente de acordo com o todo da escritura? Será que determinadas práticas nos nosso cultos são aprovadas pela Bíblia? E nossos pastores estão falando realmente o que a Bíblia fala? Para nós a Bíblia é realmente palavra de Deus ou Precisa de complementos e profecias especiais ainda hoje? será que nao estamos praticando a teologia do gafanhoto como diria o Rev Augustus Nicodemus um texto isolado aqui e pulamos para outro texto isolado ali e vamos fazendo uma colcha de heresias.

Sabemos meus irmãos que isso tudo dá trabalho mas só assim poderemos ter vida abundante porque tudo na biblia precisa ser completo inclusive precisamos ler e aprender e ouvir TODO o conselho de Deus nao apenas algumas partes, sob pena de nos tornarmos Cristãos cada vez mais vazios e distantes das verdades bíblicas. Lembre que se começar a pensar assim as perseguições virão contra você! leia um versículo abaixo
Atos 17:13  Mas, logo que os judeus de Tessalônica souberam que a palavra de Deus era anunciada por Paulo também em Beréia, foram lá excitar e perturbar o povo.   
Entedeu por que pouca gente tem coragem de estudar a fundo as escrituras? Portanto meus Irmãos pesquisem, estudem, vejam o que seus pastores falam realmente é assim pelas escrituras, não se deixe levar porque só assim você terá a vida plena de Cristo e será feliz.


Isaías 55:6  Buscai o SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. 

Catedral Inglesa quer abir bar de Vinhos!


                Catedral inglesa quer abrir bar de vinhos para atrair fiéis

A Catedral de Birmingham, no norte da Inglaterra, está planejando abrir um bar de vinhos para tentar atrair fiéis.
O projeto é do recém contratado diretor de eventos da paróquia, Mark Hope-Urwin, que abandonou o cargo de executivo na famosa loja de departamentos inglesa John Lewis para trabalhar com a catedral.
Em entrevista à BBC Brasil, o decano assistente, Peter Howell Jones, afirmou que o plano ainda está no estágio inicial e que a viabilização do projeto irá depender de questões econômicas e da aprovação da Assembléia da Catedral.
Ele explica ainda que a idéia de abrir um bar de vinhos faz parte de um processo maior que pretende atrair mais fiéis para a igreja e seria também uma forma de arrecadar fundos para a paróquia.
"Estamos pensando em como receber melhor as pessoas e fazer com que a catedral passe a fazer mais parte da vida da comunidade", disse ele à BBC Brasil.
Apoio.
Ele conta que, desde que o projeto se tornou público depois da publicação de algumas reportagens na imprensa britânica, a congregação ficou animada com a idéia.
"Não houve nenhuma reclamação dos membros de nossa congregação. Eles na verdade acham que é muito engraçado", afirmou.
Howell-Jones disse ainda que a catedral de Birmingham já realiza missões em pubs próximos à paróquia e serve vinho em alguns de seus eventos.
Segundo ele, não há "nenhum antagonismo em servir bebidas alcoólicas em catedrais anglicanas".
O decano assistente cita ainda que algumas catedrais, como a de Lichfield, também ao norte do país, produzem vinhos.
A idéia, no entanto, parece não agradar a todos.
Em entrevista ao jornal britânico Daily Telegraph, o secretário-geral da Church Society, reverendo David Philips, afirmou que "abrir bares que servem vinho não parece um modo apropriado de gerar dinheiro".

BBC Brasil

Pensamentos humanos


"Preferiria que mestres verdadeiros e fiéis me repreendessem e me condenassem, e até mesmo reprovassem meus caminhos, a que hipócritas me bajulassem e me aplaudissem como santo".


(Martinho Lutero)



"Deus cria a partir do nada. Portanto, enquanto o homem não se reduzir a nada, Deus não poderá fazer nada com ele".

(Martinho Lutero)



Parece que alguns acham que a principal evidência da presença do Espírito Santo é o barulho.

(John Stott)

TULIP


João Calvino foi um dos grandes reformadores da idade média e nesse periodo formulou uma série de argumentos com base na bíblia que resultou anos mais tarde em uma sistematização chamada os cinco pontos do calvinismo, refutando os discipulos de Armínio.
Esses cinco pontos ganharam o acróstico de TULIP.
Total Depravation - Depravação total do homem
Unconditional Election - Eleição Incondicional
Limited Expiation - Expiação Limitada
Irrestive Grace - Grace Irresistível
Perseverating of saints - Perseveraça dos Santos
Essa doutrina tão pouco conhecida e deveras atacada é que gostaríamos de destacar. Apesar de ser acusado de herege, Calvino nunca disse nada que a bíblia não dissesse e para provar isso vamos analisar esses cinco pontos com base no livro de Gênesis Seguindo a linha de Raciocínio do Rev. Moisés Bezerril em um dos seus artigo para a revista reformada os puritanos. hoje nos deteremos no primeiro ponto do calvinismo.

Depravação Total do Homem

Gen 3 todo o capítulo.

Deus Criou tudo muito bom e na sua criação ele também fez Adão de Eva, como a coroa dessa crianção, a parte mais importante desse projeto divino. Porém Deus propôs um teste e nesse teste o homem falhou entrando assim o pecado no mundo e passando a ser um morto em delitos e pecados.
Gostaríamos de destacar algumas coisas importantes para nossa vida nessa doutrina daí passamos a entender o porquê de nossos atos.
1-      O homem não tem habilidade com o pecado  Vemos isso de forma muito clara no capítulo 03 de Gênesis. Qual a primeira coisa que o homem fez depois de haver cometido o pecado da desobediência a Deus? Primeiro ele viu que estava nu e precisava se esconder e em segundo lugar ele fez roupas para si, nesse caso de figueiras.  Cá entre nós roupa de folhas? Veja o que o homem fez para se cobrir? Isso nos fala da inabilidade com o pecado por parte do homem! Simplesmente todos sabemos que folha não cobre nada e na primeira passada iríamos ficar com as “vergonhas” de fora novamente não? O homem depois de morto e totalmente depravado e caído não tem essa capacidade de vestir ou de esconder de forma satisfatória seu mal.
            O que nos fala isso hoje? Eis o motivo meus caros amigos pelo qual não devemos ir a determinados lugares, se sou um alcoólatra irei para um bar e tomar somente uma cerveja? Por certo que não, isso é uma doença que não vou conseguir controlar e logo estarei bêbado com muitas cervejas na mão. Você consegue perceber isto? Se sou um homem Crente o que estarei fazendo em uma boate? Em um bar? Em um bordel? Uma mulher de Deus o que esta fazendo em um show de Strip? Pense comigo será que Jesus entraria nesses lugares? Meus amados, nós não temos habilidade com o pecado e logo logo, iríamos sucumbir a ele. Um caroço de manga é uma mangueira? Claro que não você me responderia! Mas digo uma coisa a vocês o caroço de manga tem dentro de si todas as condições de se tornar uma mangueira! Ele tem o código genético da mangueira dentro de si, basta apenas que possua condições favoráveis para isso.
Assim, uma pessoa mesmo depois de alcançada e lavada por Cristo  não pode dar vez ao diabo porque dentro dela a semente do mal pode encontrar água e terreno fértil desenvolvendo-se assim a arvore cheia de lixo dentro dos nossos corações. Saiba apenas isso você não tem habilidade com o pecado não brinque com ele ou ele te destruirá.
2-      A relação com Deus é cortada devido essa escolha errada do homem. porém, Deus é tão maravilhoso que ELE mesmo provê a salvação para esse homem agora morto para as coisas espirituais, logo no verso do terceiro capítulo lemos que a salvação virá do filho da mulher que seria o esmagador da cabeça dessa serpente que significava Satanás. Precisamos sempre olhar o Antigo Testamento à luz do Novo Testamento tudo fica mais claro estudando as escrituras dessa forma. Entendemos por exemplo que o homem morto precisava de vida e só através do sangue ele teria vida aí está o motivo pelo qual se sacrificava um animal e o primeiro animal a ser sacrificado foi pelas mãos do próprio Deus que matou um animal e cobriu o homem com sua pela ou seja uma vida foi tirada para dar vida. Lembremos de Moisés séculos mais tarde aspergindo sangue em cima da congregação. O que desejo que os irmãos saibam é isso: debaixo do Sangue há vida.
Continua na próxima semana.

Atendendo a pedidos














Atendendo a pedidos todas as partes da palestra sobre casamento. muito interessante!

Pense Nisso.

Deus deve amar os homens medíocres. Fez muito deles. - Abraham Lincoln
Preconceitos são as correntes forjadas pela ignorância para manter os homens separados. - Condessa de Blessington
Só erra quem produz. Mas só produz quem não tem medo de errar. - Anônimo
O poder é como o violino: toma-se com a esquerda e toca-se com a direita. - Espiridião Amin

Entretendo Bodes

Biblioteca Reformada ARPAV Teologia Prática
Apascentando ovelha ou entretendo bode
C.H. Spurgeon
* * *
Um mal acontece no arraial professo do Senhor, tão flagrante na sua impudência, que até o menos perspicaz dificilmente falharia em notá-lo. Este mal evoluiu numa proporção anormal, mesmo para o erro, no decurso de alguns anos. Ele tem agido como fermento até que a massa toda levede.
O demônio raramente fez algo tão engenhoso, quanto insinuar à Igreja que parte da sua missão é prover entretenimento para o povo, visando alcançá-los. De anunciar em alta voz, como fizeram os puritanos, a Igreja, gradualmente, baixou o tom do seu testemunho e também tolerou e desculpou as leviandades da época. Depois, ela as consentiu em suas fronteiras. Agora, ela as adota sob o pretexto de alcançar as massas.
Meu primeiro argumento é que prover entretenimento ao povo, em nenhum lugar das Escrituras, é mencionado como uma função da Igreja. Se fosse obrigação da Igreja, porque Cristo não falaria dele? "Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura" (Lc.16:15). Isto é suficientemente claro. Assim também seria, se Ele adicionasse "e provejam divertimento para aqueles que não tem prazer no evangelho". Tais palavras, entretanto, não são encontradas. Nem parecem ocorrer-Lhe.
Em outra passagem encontramos: "E Ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres"(Ef.4:11). Onde entram os animadores? O Espírito Santo silencia, no que se refere a eles. Os profetas foram perseguidos por agradar as pessoas ou por oporem-se a elas?
Em segundo lugar, prover distração está em direto antagonismo ao ensino e vida de Cristo e seus apóstolos. Qual era a posição da Igreja para com o mundo? "Vós sois o sal da terra" (Mt.5:13), não o doce açúcar – algo que o mundo irá cuspir, não engolir. Curta e pungente foi a expressão: "Deixa aos mortos o sepultar os seus próprios mortos"(Mt.8:22). Que seriedade impressionante!
Cristo poderia ter sido mais popular, se tivesse introduzido mais brilho e elementos agradáveis a sua missão, quando as pessoas O deixaram por causa da natureza inquiridora do seu ensino. Porém, eu não O escuto dizer: "Corre atrás deste povo Pedro, e diga-lhes que teremos um estilo diferente de culto amanhã; algo curto e atrativo, com uma pregação bem pequena. Teremos uma noite agradável para eles. Diga-lhes que, por certo, gostarão. Seja rápido, Pedro, nós devemos alcançá-los de qualquer jeito!".
Jesus compadeceu-se dos pecadores, lamentou e chorou por eles, mas nunca pretendeu entretê-los.
Em vão as epístolas serão examinadas com o objetivo de achar nelas qualquer traço do evangelho do deleite. A mensagem que elas contêm é: "Saia, afaste-se, mantenha-se afastado!"
Eles tinham enorme confiança no evangelho e não empregavam outra arma.
Depois que Pedro e João foram presos por pregar o evangelho, a Igreja reuniu-se em oração, mas não oraram: "Senhor, permite-nos que pelo sábio e judicioso uso da recreação inocente, possamos mostrar a este povo quão felizes nós somos". Dispersados pela perseguição, eles iam por todo mundo pregando o evangelho. Eles "viraram o mundo de cabeça para baixo". Esta é a única diferença! Senhor, limpe a tua Igreja de toda futilidade e entulho que o diabo impôs sobre ela e traze-a de volta aos métodos apostólicos.
Por fim, a missão do entretenimento falha em realizar o objetivo a que se propõe. Ela produz destruição entre os jovens convertidos. Permitam que os negligentes e zombadores, que agradecem a Deus porque a Igreja os recebeu no meio do caminho, falem e testifiquem! Permitam que falem os negligentes e zombadores, que foram alcançados por um evangelho parcial; que falem os cansados e oprimidos que buscaram paz através de um concerto musical. Levante-se e fale o bebado para quem o entretenimento na forma de drama foi um elo no processo de sua conversão! A resposta é óbvia: a missão de promover entretenimento não produz convertidos verdadeiros.
O que os pastores precisam hoje, é crer no conhecimento aliado a espiritualidade sincera; um jorrando do outro, como fruto da raiz. Necessitam de doutrina bíblica, de tal forma entendida e experimentada, que ponham os homens em chamas.

Deus Elege e Reprova

Eleição e Reprovação por
Bíblia de Estudo de Genebra

Romanos 9:18: “Logo, tem ele misericórdia de quem quer e também endurece a quem lhe apraz”.

“Eleger” significa selecionar ou escolher. De acordo com a Bíblia, antes da criação, Deus selecionou – dentre os da raça humana – aqueles que seriam redimidos, justificados, santificados e glorificados em Jesus Cristo (Rm 8.28-29; Ef 1.3-14; 2Ts 2.13-14; 2Tm 1.9-10). A escolha divina é uma expressão da graça livre e soberana de Deus. Não é merecida por coisa alguma por parte daqueles que são escolhidos. Deus não deve aos pecadores nenhuma espécie de misericórdia, pois eles só merecem condenação. Por isso, é maravilhoso que ele escolhesse salvar qualquer um entre nós.
Como toda a verdade a respeito de Deus, a doutrina da eleição envolve mistério e, às vezes, levanta controvérsia. Porém, nas Escrituras, é uma doutrina pastoral, que ajuda os cristãos a verem quão grande é a graça que os salva e os move a responder com humildade, confiança e louvor. Não sabemos quais os outros que Deus escolheu entre os que ainda não são crentes, nem por que ele nos escolheu, especificamente. Sabemos apenas que, se somos crentes agora, é porque fomos escolhidos. Também sabemos que, como crentes, podemos confiar em que Deus acabará a boa obra que começou (1Co 1.8-9; Fp 1.6; 1Ts 5.23-24; 2Tm 1.2; 4.18). Por essas razões, o conhecimento da eleição é uma fonte de gratidão e confiança.
Pedro nos diz que devemos procurar “com diligência ... confirmar (nossa) vocação e eleição” (2Pe 1.10), isto é, devemos tomá-la certa para nós. A eleição é conhecida por seus frutos. Paulo sabia que os tessalonicenses tinham sido escolhidos, porque viu sua fé, sua esperança e seu amor, a transformação da vida deles, realizada pelo evangelho (1Ts 1.3-6).
Reprovação é o nome dado à eterna decisão de Deus com relação àqueles pecadores que não foram escolhidos para a vida. Não os escolhendo para a vida, Deus determinou que eles não fossem transformados. Eles continuarão em pecado e, finalmente, serão julgados por aquilo que tiverem feito. Em alguns casos, Deus pode ir mais longe e remover as influências restritivas que protegem uma pessoa da desobediência extrema. Esse abandono, chamado de “endurecimento”, é, em si mesmo, uma penalidade do pecado (Rm 9.18; 11.25 conforme Sl 81.12; Rm 1.24,26,28).
A reprovação é ensinada na Bíblia (Rm 9.14-24; 1Pe 2.8), porém como uma doutrina, seu significado sobre o comportamento cristão é indireto. O decreto de Deus sobre a eleição é secreto; quais pessoas são eleitas e quais são reprovadas não será revelado antes do Juízo Final. Até aquele tempo, Deus ordena que o chamado ao arrependimento e a fé sejam pregados a todos.
Fonte: Bíblia de Estudo de Genebra, Nota Teológica, página 1333.

Quiz para os amigos arminianos.


Isaías 14:24 O Senhor dos Exércitos jurou, dizendo: Como pensei, assim sucederá, e como determinei, assim se efetuará.
Questão: Quanto do que Ele quer que venha a acontecer, não acontece?
A . Todos os Seus pensamentos acontecerão.
B . Alguns dos Seus pensamentos não acontecerão.
C . Uns poucos dos Seus pensamentos não acontecerão.
D . Muitos dos Seus pensamentos não acontecerão.


Questão: Onde esta passagem diz que Jesus deu Sua vida pelas ovelhas e pelos bodes?
A . Ela não diz.
B . Ela não diz, mas eu apenas sei que Ele quis dizer os bodes também.
João 6:65 E dizia: Por isso eu vos disse que ninguém pode vir a mim, se por meu Pai não lhe for concedido.
Questão: Quantos dos que vêm a Jesus não foram primeiramente dados a Ele pelo Pai?
A . 0
B . 5.000
C . 5.000.000
D . 10.000.000

João 6:37 Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora.
Questão: Quantos dos que o Pai Lhe deu, não virão a Ele?
A . Dois
B . Um par de mil
C . Um par de milhão
D . Questão enganosa, o texto diz que todos eles virão.

João 10:28-29 E [Eu, Jesus] dou-lhes (aos verdadeiros seguidores, ou ‘ovelhas') a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão. Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai.
Questão: Quantas das ovelhas você pensa que têm sido arrebatadas das mãos de Deus ou de Jesus?
A . Nenhuma
B . 50.000
C . 500.000
D . 1.000.000

Apocalipse 13:8 E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo.
Apocalipse 20:15 E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo.
Questão: Considerando isto, e outras passagens relatadas, Deus ter que apagar um nome do livro da Vida deve significar que:
A . Deus comete erros.
B . Alguns têm sido arrebatados das mãos de Jesus?
C . Deus não sabia que algumas de Suas ovelhas eram realmente bodes.
D . Nenhuma das acima.

Questão: Pode uma pessoa cujo nome foi escrito no livro da vida desde a fundação do mundo não se tornar um Cristão (ou ter a fé salvadora em Deus se nasceu antes de Jesus)?
A . Não
B . Sim
C . Isto me confunde, mas continuarei crendo na Bíblia.
D . Isto me confunde, mas continuarei fingindo que isto não está na Bíblia (seja honesto)

Mateus 13:10,11 E, acercando-se dele os discípulos, disseram-lhe: Por que lhes falas por parábolas? Ele, respondendo, disse-lhes: Porque a vós é dado conhecer os mistérios do reino dos céus, mas a eles não lhes é dado.
Questão: O próprio Jesus declarou que uma das razões pelas quais Ele falava em parábolas era para que a verdade pudesse ser oculta daqueles para os quais ela não foi destinada. Isto é justo?
A . Não.
B . Sim.
C . Quem somos nós para questionarmos a Bíblia?
D . Fingirei que não vi este versículo.
Romanos 8:28 E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.
Questão: Quantas coisas não contribuem para o bem daqueles que amam a Deus?
A . 10% de todas as coisas
B . 40% de todas as coisas
C . 85% de todas as coisas D . Questão enganosa, a Bíblia diz que todas as coisas contribuem para o bem daqueles que amam a Deus.

Marcos 14:30 Replicou-lhe (a Pedro) Jesus: Em verdade te digo que hoje, nesta noite, antes que o galo cante duas vezes, três vezes tu me negarás.
Questão:
A. Pedro poderia não ter negado Jesus três vezes antes do galo cantar duas vezes?
Responda aqui: ____________________________
B. Jesus fez Pedro negá-Lo, ou Pedro o fez de seu próprio livre-arbítrio?
Responda aqui: ____________________________

Ê xodo 4:11 [O próprio Deus faz uma pergunta retórica] Ao que lhe replicou o Senhor: Quem faz a boca do homem? ou quem faz o mudo, ou o surdo, ou o que vê, ou o cego?. Não sou eu, o Senhor?
Questão: Isto é justo?
A . Sim.
B . Não.
C . Quem somos nós para questionarmos a Bíblia?
D . Fingirei que não isto não está na Bíblia.

fonte: http://www.monergismo.com/

Excelente palestra sobre casamento 04 partes




Execelente palestra ministrada pelo pastor Keneth da Igreja Reformada do Brasil a respeito do casamento!para achar a palestra completa no youtube basta digitar o marido federal! Bons estudos!

Mulheres crentes podem usar joias?

Os Usos e Costumes à Luz da Bíblia

Por Anderson José Teixeira Cavalcanti de Barros

“julgai todas as coisas, retende o que é bom;” (1Ts 5.21)

INTRODUÇÃO

O presente estudo tem por objetivo analisar brevemente algumas regras de comportamento estabelecidas por igrejas evangélicas brasileiras. Tais “usos e costumes” são muitas vezes postos de modo abrupto, sem explicação bíblica, mesmo sabendo-se que o embasamento bíblico é indispensável à conduta do cristão. Isto está explicito no 2º artigo do credo das Assembléias de Deus no Brasil: “Cremos... na inspiração verbal da Bíblia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão (2Tm 3.14-17)... (http://www.cgadb.com.br)/”.
Esta declaração afirma categoricamente que o membro da AD não deveria ter regras que não fossem das Escrituras. Entretanto, a conduta do fiel muitas vezes é regulada pelos “usos e costumes” estabelecidos pela tradição denominacional, e não pela Bíblia. Visto que esta análise objetiva ser clara, precisa e concisa, abordar-se-á apenas a controvérsia em torno do uso de jóias e da submissão aos pastores das igrejas.
Peço-vos que não tenham medo de abrir as Escrituras. Não rejeitem nem aceitem o que será apresentado sem conferir na Bíblia as referências citadas. Com a Bíblia fechada, abraçar uma idéia é cegueira, rejeita-la é orgulho. A ordem bíblica é observar tudo e reter o que é bom. (1Ts 5 .21)

I USO DE JÓIAS NAS ESCRITURAS

Vamos analisar do NT para o AT o que a há sobre jóias nos textos preferidos daqueles que são contrários ao seu uso.

1. As Jóias e o NT

Um texto muito usado para proibir as jóias é 1Pe 3.3. Olhando com mais atenção, vemos que a ênfase do apóstolo é na prioridade do dos valores espirituais, da submissão da mulher (v. 1,2). Ele não está proibindo as jóias, mas dizendo que o que deve ser notado é a beleza interior (v. 4). É como se hoje disséssemos a uma noiva bem vestida: “Que a sua pureza e beleza esteja no seu coração e não na brancura e adornos de seu vestido”. Isso não significa que ela não deva vestir-se de noiva! O curioso é que o texto também fala de “frisado de cabelo” e “vestimentas belas”. Porque será que aqueles que proíbem as jóias não proíbem de pentear os cabelos e de usarem roupas bonitas?
Outro texto é 1Tm 2.9. A interpretação é semelhante ao texto já comentado. Paulo não diz que é pecado o uso de jóias, vestes bonitas e cabelo arrumado! Ele diz que deve haver modéstia e boas obras (v.10). Isso é que deveria ser notado pelos irmãos. Onde é que Paulo ou Pedro dizem que usar jóias é pecado? Em nenhum lugar da Bíblia. Tenhamos cuidado, pois Satanás também já tentou distorcer as Escrituras para sujeitar o próprio Senhor Jesus (Mt 4.1-11).

2. As jóias e o AT

Já que no NT as duas passagens usadas pelos legalistas de fato não condenam o uso de jóias, vejamos o AT. Um texto muito usado é Is 3.18,18. Contudo, os que não têm preguiça de ler o capítulo todo e os que sabem o básico dos básicos de interpretação de texto logo notarão o erro desse pensamento. O capítulo todo fala sobre o julgamento de Deus sobre Judá e Jerusalém. O pecado não é aqui o uso de jóias, mas o desprezo ao Senhor (v. 8,9), a opressão ao pobre (v. 14,15) e o orgulho das mulheres que viviam luxuosamente (v. 16). Se o leitor acha que as jóias são pecado só porque Deus as está tirando, então deveria achar outras coisas também pecado, pois o texto diz, dentre muitas coisas, que Deus tiraria pão e água (v.1), profeta (v.2), véu (v.19), perfume (v. 20,24), vestidos de festa e bolsas (v.22), espelhos e camisas finíssimas (v.23). Note que não são as jóias, os espelhos, o perfume, o pão, a água que são considerados pecado. Será que o evangélico que não usa jóias por causa de sua interpretação errada desse texto também não usa perfume e nem tem espelho em casa?
Em Êx 3.21,22 vemos que foi o próprio Deus que determinou o uso das jóias dos egípcios. E o que fazer com Ez 16? Deus vai relatar como cuidou de Jerusalém e a ergueu e ela acabou sendo infiel. No texto, Deus é comparado a um homem que vê uma criança desprezada (v. 4,5), mas que recebe dele socorro (v. 6,7), contrai matrimônio (v. 8), lhe dá roupas belas, jóias diversas, dentre outro presentes (v.10-13). Será que Deus chama isso de pecado? Não! Ao contrário, o texto compara a glória de Deus colocada sobre Jerusalém com as jóias e presentes postos na jovem (v.14). O pecado aqui é o orgulho, a soberba, a prostituição (v. 15), as jóias não. Elas são comparadas com a glória de Deus! Será que Deus compararia a sua glória com aquilo que fosse pecado? Óbvio que não. Em Is 61. 10 o profeta compara a salvação e justiça com turbante e jóias. É pecado ou não é? Alguns se pudessem, rasgariam a Bíblia... Leia Ap 21.2, onde a nova Jerusalém desce do céu “ataviada como noiva adornada para o seu esposo”, e tente descobrir como as noivas israelitas se adornavam nas escrituras. Peça para seu pastor refutar os textos bíblicos citados, caso ele discorde. É obrigação dele calar os contradizentes! Essa é uma das qualificações dos presbíteros e pastores (Tt 1.9). NÃO ACEITE QUE ELE CORRA , A NÃO SER QUE SUA ORDENÇÃO TENHA SE BASEADO EM POLITICAGEM E NÃO NAS ESCRITURAS!
Já tive a oportunidade de presenciar um “evangelista” de uma grande igreja pentecostal em Recife dizer, de púlpito, que as irmãs não poderiam ter franjas no cabelo porque a Bíblia diz para sermos “símplices como as pombas...” ( Mt 10. 16), e “ninguém nunca viu uma pomba de franjinha...”. Outros usam o mesmo texto para proibir a maquiagem feminina, mas o texto está falando para apóstolos estarem preparados para as perseguições por causa do evangelho (* Mt . 10 17-19).Note que tais igrejas não têm compromisso com a Palavra de Deus, pois a distorcem a seu bel prazer, com o objetivo de escravizar os seus membros, que em sua maioria não são preparados para examinar tudo e reter o que é bom (1Ts 5.21) e acabam aceitando qualquer heresia. Aliás, Jesus estava falando de qual pomba, a branca ou a pintadinha? Tem mais de qual cor? O texto não fala de usos e costumes. Mas você pode indagar, “e se o pastor determinar as regras, qual deve ser a nossa postura?” Isso é o que veremos no próximo tópico (Não tenha medo! Leia! Você não é testemunha de Jeová que só lê o que a sociedade torre de vigia edita...).

II A SUBMISSÃO AOS PASTORES LEGALISTAS

Alguns têm alegado que o crente deve se sujeitar aos usos e costumes extra-bíblicos ditados pela denominação à qual fazem parte, sob o pretexto de que devemos ser submissos aos nossos pastores, de acordo com Hb 13.17. Entretanto, as Escrituras não apóiam tal alegação. Vejamos o que diz a Confissão de Fé de Westminster, uma declaração doutrinaria dos protestantes do século XVII(Peço-vos que confiram as referências nas Escrituras).
“Só Deus é senhor da consciência (Tg 4.12; Rm 14. 4,10), e a deixou livre das doutrinas e dos mandamentos humanos que, em qualquer coisa, sejam contrários a sua palavra, ou que em matéria de fé ou de culto, estejam fora dela(At 4.19; 5.29; Mt 23.8-10). Assim, crer nessas doutrinas ou obedecer a esses mandamentos, por motivo de consciência; e requerer para eles fé implícita e obediência cega e absoluta, é destruir a liberdade de consciência e a própria razão (Cl 2.20-23; Gl 1.10; 2.4,5; 4.9,10; 5.1; Rm 14.23; At17. 11; 1Pe 3.15)” (CFW XX; II).
A alegação de que devemos aceitar as regras impostas só porque devemos submissão aos nossos pastores é antibíblica, caso tais regras não venham das Escrituras. Judas era apóstolo, mas nenhum fiel tinha a obrigação de seguir sua conduta errada. Pedro foi repreendido por Paulo por causa de sua conduta preconceituosa contra os gentios (Gl 2.9-14). O próprio Senhor Jesus, em Mc 7.1-23, condena a obediência a regras que não estão nas Escrituras, mesmo que venham de nossos líderes! Isso pode ser claramente percebido numa análise simples do texto. Vejamos:
Israel passou a observar vários costumes que não estavam nas Escrituras, mas que foram acrescentados pelos líderes do povo de Deus ao longo dos séculos (Mc7. 3);
Eles “estenderam as ordenanças bíblicas da purificação sacerdotal, no momento do sacrifício do templo (Êx 30.19;40.12), ao comer do pão por todos os judeus” (Bíblia de Estudo de Genebra, p. 1157) e achavam que quem não seguissem os “usos e costumes” dos líderes estavam errados (Mc7.1,2,5), pois entendiam que a tradição deveria ser seguida zelosamente. Paulo, antes de sua conversão, também cometia tal erro (Gl1.14);
Para Jesus, esse comportamento zeloso com o que não é bíblico, só passa agradar a liderança religiosa, fazia do povo: hipócrita (v.6); louvavam a Deus só com os lábios, não com o coração (v.7), eram negligentes quanto aos mandamentos de Deus; e invalidavam a Palavra de Deus por causa dos costumes inventados pelos líderes (v.13).
Mas erroneamente alguns dizem “o pastor presidente tem autoridade e nós devemos ser submissos ao que a denominação estabelecer. Ninguém deve questionar o ungido de Deus”! Percebam que Paulo, sendo apóstolo, não se incomodou com o fato dos crentes bereanos terem ido verificar se seu ensinamento era bíblico (At 17.10,11), além de dizer que se ele mesmo ensinasse algo que fosse além do evangelho que era pregado, que aquilo fosse condenado maldito (Gl 1.8,9)! Será que o pastor de sua igreja tem mais autoridade do que o apóstolo Paulo? A Bíblia não diz que seu pastor não pode ser questionado.
Talvez você, caro leitor, não queira falar ou aceitar a verdade, por desejar ser favorecido com alguma posição na igreja. Só que a Bíblia diz que quem procura agradar a homens para ser por eles favorecido, não é servo de Cristo ( Gl 1.10)! Não importa se alguém alegar ter recebido este mandamento por revelação, pois ainda assim seria maldito (Gl 1.8)! Jesus recorria às Escrituras para destruir os argumentos antibíblicos sobre “usos e costumes” (Mc 7.6-8,13).
Paulo fala que quem é rigoroso nos “usos e costumes”, cultua a si mesmo e sua humildade é falsa (Cl 2. 20-23). Note que aqueles irmãos que são extremamente rigorosos nos costumes se acham mais santos do que os outros cristãos. Cultuam a si mesmos (Cl 2.23), chegando ao ponto de dizerem: “Irmã fulana não tem semblante de crente”! Semelhantemente aos fariseus, Atam fardos pesados nas costas do outros, mas não os ajudam (Mt 23.4), trabalham e se vestem com o fim de serem notados (Mt 23.5), gostam de ter oportunidade nas igrejas (Mt 23.6), se preocupam só com exterior(Mt 23.25-28), perseguem aqueles que se levantam para apontar seus erros (Mt 23.34). Só que vão para o inferno (Mt 23.33)!
Jesus disse aos religiosos de Israel: “mas, porque eu digo a verdade, não me credes... quem é de Deus ouve as palavras de Deus; por isso, não me dais ouvidos, porque não sois de Deus” (Jo 8.45,47). Certamente, os que são de Deus trocarão os “usos e costumes” estabelecidos pelos homens e ficarão com as Escrituras Sagradas.

CONCLUSÃO

Concluímos este estudo com a seguinte pergunta: Se uma denominação afirma em seu credo que a Bíblia é a única regra de fé para a vida e o caráter Cristão, será que é correto ela estabelecer normas que não estão na dita “única regra de fé”? Aquele que mente, tem quem por pai? O problema é que ensinam que seguir tais “usos e costumes” é o padrão de santidade, mesmo que não estejam na Bíblia. Provavelmente nunca leram a oração de Cristo ao Pai para que santifique os crentes pelo que está na palavra: “santifica-os na verdade. A tua palavra é a verdade” (Jo 17.17). O padrão de santidade é o que pode ser biblicamente exposto.
Aquele líder que distorce o texto bíblico ou acrescenta regras paralelas assemelha-se aos principais oponentes do ministério de Jesus. Na tentação (MT 4) o diabo distorceu as Escrituras para sujeitar o próprio Cristo, enquanto que os líderes religiosos acrescentavam regras ao povo que não se encontravam nas Escrituras, com o fim de sujeitá-los (Mt 23; Mc 7).
Se você não concorda com o exposto, peça para seu pastor lhe mostrar que estou errado (biblicamente falando). Pode responder para meu e-mail: andersontbarros@ig.com.br. Agora, venha com a Bíblia, porque os usos e costumes antibíblicos os deixo à beira do Hades juntamente com seus defensores.

Ninrode e Assíria

Ninrode, no norte do Iraque, foi a mais antiga capital do império Assírio,era temida como uma cidade sanguinária e feroz. Os Assírios surgiram por volta do Séc XIV aC.  Dominaram o Oriente Médio por milhares de anos. Uma das torturas preferidas dos Assírios era jogar seus inimigos dentro de barris rolando ladeira abaixo, nada demais se não fosse pelo fato de os barris possuírem várias espadas cravadas para dentro deles!
Isso explica em parte a recusa e o medo do profeta Jonas que foi justamente encumbido por Deus de uma tarefa ingrata: divulgar o arrependimento na capital desse império incrédilo e escravizador de Israel.( no tempo do profeta Jonas a capital do império Assírio era Nínive). 
A grande cidade de Ninrode e o Império Assírio declinaram rapidamente após ano de 612 aC.  Reinos e homens poderosos vem e vão porém, só nosso Senhor Subsiste para sempre leia esse trecho de salmos 144:1-4. E agradeça a Deus sua Grandeza!
1  Bendito seja o SENHOR, rocha minha, que me adestra as mãos para a batalha e os dedos, para a guerra;
2 minha misericórdia e fortaleza minha, meu alto refúgio e meu libertador, meu escudo, aquele em quem confio e quem me submete o meu povo.
3 SENHOR, que é o homem para que dele tomes conhecimento? E o filho do homem, para que o estimes?
4 O homem é como um sopro; os seus dias, como a sombra que passa.
5 Abaixa, SENHOR, os teus céus e desce; toca os montes, e fumegarão.

Pensamentos humanos

.
"Quando o emprego vira um luxo, o salário fica um lixo".


José Maria de Jesus - Bóia fria


"Imaginação é mais importante que inteligência".

Albert Einstein - Físico


"Aprender com a experiência dos outros é menos penoso

do que aprender com a própria".

José Saramago - Escritor português

Reflita!


"A coceira da cobiça faz com que o homem meta a unha em tudo o que é dos outros"
(Thomas Watson)

"Alegria é negócio sério no céu"
(C. S. Lewis)