A raposa, o funeral, e o arado- Parte 03


Lc 9:57-62
57 Indo eles caminho fora, alguém lhe disse: Seguir-te-ei para onde quer que fores. 58 Mas Jesus lhe respondeu: As raposas têm seus covis, e as aves do céu, ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça. 59 A outro disse Jesus: Segue-me! Ele, porém, respondeu: Permite-me ir primeiro sepultar meu pai. 60 Mas Jesus insistiu: Deixa aos mortos o sepultar os seus próprios mortos. Tu, porém, vai e prega o reino de Deus. 61 Outro lhe disse: Seguir-te-ei, Senhor; mas deixa-me primeiro despedir-me dos de casa. 62 Mas Jesus lhe replicou: Ninguém que, tendo posto a mão no arado, olha para trás é apto para o reino de Deus.


                                                      O arado
Análise dos versos 61,62

      Devemos notar a partir do verso 61 desse interessante capítulo que o discípulo tenta usar um argumento parecido com o segundo ele diz que segue Jesus mas primeiro precisa expor sua situação a seus familiares em casa isso é tão forte na cultura do oriente médio que Rice comenta em seu livro: “Ao levantar-se, todos os dias, o homem faz suas orações, e depois se dirige a seu pai e sua mão beijando-lhes as mãos e pedindo-lhes a sua bênção. Quando começa novo empreendimento, pede o favor de Deus sobre seus negócios , e termina com um desejo de que seus pais o aprovem e abençoem àquele respeito”.(Rice, 60) .
Por certo que até os dias atuais cristãos que são oriundos do oriente médio empalidecem quando é exposto esse texto, porque eles entendem que Jesus está reivindicando autoridade superior a do pai do segundo voluntário. No primeiro século ou hoje as reações seriam as mesmas ou aceitariam o ensinamento proposto ou o a rejeitariam com hostilidade.
Jesus exemplifica com um exemplo agrícola que é explicado em um livro que conta os costumes da região: “O arado palestino é muito leve e guiado por uma só mão. Esta mão, geralmente é a esquerda, que precisa ao mesmo tempo conservar o arado na posição vertical, regular a sua profundidade mediante pressão, e levantá-lo por sobre as pedras e rochas que acaso esteja no caminho. O arador usa a mão direita para guiar o boi teimoso com um aguilhão com cerca de um metro com ponta de ferro. Ao mesmo tempo ele precisa ficar olhando fixamente por entre as pernas do animal para não perder o sulco de vista. Esta forma de arado requer destreza, atenção e concentração. Se o arador olhar para os lados, um novo sulco é aberto fora da linha original”. (Jeremias, Paraboles, 195).
Por este simples relato verificamos que a tarefa de arar não era coisa simples no primeiro século da era cristã, era algo que exigia total envolvimento daquele que a praticava. Era algo minucioso e muito exato na sua consumação. Analise! Jesus com essa parábola simples está afirmando uma verdade circulante no meio judaico antigo, alguns livros afirmavam o seguinte: “O pai e seu filho e o mestre e seu discípulo são considerados um só”(talmude. Bt Erubin 73ª, Sonc,510)
O fato de ser discípulo do mestre Jesus não é simplesmente uma questão de matricular-se em um curso com o objetivo de adquirir informação. Pelo contrário é o estabelecimento de um relacionamento vitalício e íntimo com aquela pessoa, uma amizade tão profunda ao ponto de dois serem um. Você Cristão, realmente já parou para pensar nisso?

Em resumo, Jesus afirma que sua autoridade era absoluta, se você realmente quiser segui-lo nada pode ter maior autoridade do que Ele, nem a sua família! Em segundo lugar O chamado para o reino precisa ter prioridade sobre todas as outras lealdades. Em terceiro o ato de seguir Jesus não é uma sensação de luz interior ou percepção de uma consciência intelectual, mas é comparada a execução de uma tarefa criativa, porém árdua e cansativa como a de colocar a mão em um arado e guiar uma junta de bois. Pensemos em tudo isso antes de brincarmos de sermos Cristãos.

O Senhor nos Ilumine

Amém!

Adicionar aos Favoritos BlogBlogs Adicionar artigo ao Del.icio.us Adicionar artigo ao Digg! Adicionar artigo ao DiHitt Adicionar artigo ao Eu Curti Adicionar artigo ao Furl Adicionar esta noticia no Linkk Adicionar artigo ao Rec6 Adicionar artigo ao reddit Adicionar artigo ao Slashdot Adicionar site ao Stumble Adicionar aos Favoritos Technorati Sabedorize esta notícia no WebSapiens

Um comentário:

Este Comentário será exibido após moderação dos Editores da equipe Plugados com Deus!