Cristo Voltara Parte I

Rev. Daniel Carneiro.*
A SEGUNDA VINDA DE CRISTO (primeira parte).
Popularmente é dito hoje que a volta de cristo será IMINENTE, isto é, Cristo poderá voltar a qualquer momento. Poderá ser ainda hoje. Agora mesmo.
De acordo com as Escrituras, a volta de Cristo só acontecerá depois da realização de alguns eventos. Ei-los.
I- A Proclamação do Evangelho á Todas as Nações (Mt 24.14)
Isto não significa que cada pessoa da terra tem de se converter antes da vinda de Cristo; também não significa que cada pessoa da terra precisa ouvir o Evangelho antes que Cristo volte. Não.O que o texto quer dizer é que o Evangelho tem de ser pregado por todo o mundo como um testemunho para todas as nações.
Através da obra missionária da igreja, pregando o evangelho ao mundo, muitos o ouvirão e se converterão a Cristo. Esta obra missionária não pode ser negligenciada pela igreja, pois, este é um tempo em que Deus convida os homens para serem salvos e, ele faz isto por meio da igreja. Evangelização mundial é um sinal do fim.
II- A Salvação da Plenitude de Israel (Rm 11.26)
As palavras desse texto não significam que a nação de Israel como uma totalidade será salva.Estas palavras significam que Deus tem seus eleitos em Israel- como os têm em todo o mundo- e assim, ele reunirá esses eleitos remanescentes dentre os judeus ao longo da história e, dessa forma o número total dos eleitos -não todos- dentre os judeus será salvo. Isso ocorrerá antes da segunda vinda de Cristo.
Uma consideração a ser feita aqui, é que o Israel nacional deixou de ser o povo de Deus. O verdadeiro judeu não é aquele que nasce em Israel, mas é aquele que nasce do Espírito. É o crente em Jesus ( Rm 2.28,29; 9.27; 11.5).
Leia Rm 11.5; 9.27
III- A Grande Apostasia e a Grande Tribulação
1) Apostasia (2Ts 2.3; 1Tm 4.1)
Apostasia implica em um abandono ou em uma rebelião contra a fé cristã.
A apostasia acontecerá dentro das fileiras dos membros da igreja visível. Muitos que tem feito uma profissão de fé exterior, apostatarão. Eles darão ouvidos a falsos mestres e deixarão a fé bíblica.
Todavia, aqueles que são crentes verdadeiros, que são regenerados, não cometerão esse pecado, mas serão guardados pelo amor e pelo poder do Senhor.
(Jô 10.27,29; 1Pd 1.3-5)
2) A Grande Tribulação (Mt 24.21-24)
Jesus fala da tribulação como um sinal dos tempos que deve ser esperada por seu povo ao longo do período entre a sua primeira e segunda vindas.
No texto acima, encontramos a mensagem de que esta tribulação será tão grande que superará qualquer tribulação que a possa preceder, e os dias da tribulação terão que ser abreviados por causa doe eleitos. Caso contrário, eles não a suportarão.
IV- A Futura Revelação do Anticristo e de Falsos Profetas (Mt 24.5,24; 2Ts 2.3,4)
1) Anticristo
O anticristo será um falso Cristo que procurará ocupar o lugar de Cristo nos corações das pessoas, alegando ser o Cristo verdadeiro.
Este falso Cristo tentará conquistar as pessoas através de sinais e prodígios (2Ts 2.9; Ap 13.13,14)
2) Falsos Profetas
Duas características dos falsos profetas é que eles vêm em grande número e que virão em nome de Cristo. Jesus diz que eles enganarão a muitos.
Provavelmente, a mensagem do falso profeta é esta: "Eu sou o messias, aqui eu estou, vejam estes sinais, vejam os prodígios que eu posso fazer, o fim do mundo chegou!".
Historicamente, surgiram muitos falsos profetas. Há cerca de 30 anos, apareceu na Coréia um homem que dizia ser o messias.
O Brasil também tem seu Jesus Cristo. No Sul do país, surgiu o Inri Cristo, uma figura que se veste como Jesus Cristo, usa coroa de espinhos e carrega uma cruz, suscitando grande escárnio por parte da sociedade em geral.
Falsos profetas sempre existiram, anunciando o fim do mundo. Mas Jesus diz: "Vede que ninguém vos engane".
V- Guerras, Terremotos e Fomes (Mt 24.6-8)
Esse período é chamado por Jesus de "o princípio das dores", em que haverá conflitos armados entre reinos, povos e nações. Povos se levantarão contra outros povos.
1) Guerras
As guerras trazem medo, angústia e sempre o perigo de extinção da raça humana. Desde os dias de Jesus, até hoje, as guerras têm acontecido.
2) Terremotos e Fome
Nós conhecemos o poder de um terremoto, de um furacão ou de um maremoto. Jesus disse que essas calamidades viriam em vários lugares e assim tem acontecido.
Em 60-80 houve uma grande fome em todo o mundo, conforme Atos 11.28. A fome foi tão grande e tão extensa, eu os discípulos de Cristo fizeram uma coleta para levar ofertas e mantimentos para os cristãos pobres de Jerusalém, duramente atingidos por essa tragédia.
Em nossos dias, ouvimos a mídia continuamente relatando enchentes, furacões, tempestades, seca e pestes. Quer dizer, uma calamidade atrás da outra é anunciada. Mas Jesus diz: "Não vos assusteis...não é o fim".
Devemos ter em mente a certeza que o mundo não vai se destruir, nem a humanidade terminará num genocídio sem proporções. Não! o fim do mundo virá pela ação direta de Deus. O mundo não irá se destruir, mas será destruído.
Todas essas coisas são apenas "o princípio das dores". Essa expressão é tirada da figura de uma mulher que está para dar a luz: primeiro vêm contrações (o principio das dores). Depois essas dores iniciais vão ficando mais fortes, mais freqüentes, mais intensas,e, então, é chegado o momento do parto. Aí a dor torna-se lancinante, insuportável.
Jesus descreve a presente fase em que vivemos como sendo as dores de contração da História, que se aproxima do clímax.
Está chegando o grande momento em que ela- a História- vai dar à luz, ou seja, em que Jesus voltará pela segunda vez. Até lá o que vai anteceder são essas contrações, o princípio das dores. É a época que nós estamos vivendo.
Jesus diz: "Quando, porém, ouvirdes falar de guerras e rumores de guerras, não vos assusteis...ainda não é o fim".
Estes sinais são evidências do juízo de Deus. São manifestações do fato que o mundo presente está sob a maldição de Deus, e que a ira de Deus está constantemente sendo revelada do céu contra a impiedade e perversão dos homens (Rm 1.18).
*Rev. Daniel Carneiro é Pastor da IPB e professor de teologia sistemática no SPN.

Leia a parteII deste estudo clique aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este Comentário será exibido após moderação dos Editores da equipe Plugados com Deus!