O Sorriso Amarelo da Ciência e a Gargalhada de Deus


Salmos 2:4 Ri-se aquele que habita nos céus; o Senhor zomba deles.



Apesar de toda falácia e baboseiras proclamadas como verdades absolutas nas diversas áreas das científicas, a Bíblia sempre comprova o contrário nos revelando que ela sempre tem razão. Lembrem-se, a Bíblia não é um livro de ciências, mas quando toca no assunto revela precisão incrível! A comunidade científica, frequentemente, tenta distorcer ou então minimizar o valor das Escrituras Sagradas, dizendo ser ela um livro ultrapassado de mitos. Gostaríamos de deixar claro que a posição dos Cristãos reformados sempre foi de incentivo às ciências e ao desenvolvimento humano como um todo.
A Bíblia não é um livro científico porém, faz algumas antecipações à ciência, interessante que isso nunca é divulgado em revistas como a super interessante não é mesmo?


Antecipações Bíblicas

1. Lei da Biogênese: "Vida Gera Vida"

Existem duas teorias básicas para explicar a origem da vida no planeta – a geração espontânea e a biogênese. A teoria da geração espontânea (ou abiogênese) diz que os seres vivos foram gerados espontaneamente a partir da matéria bruta (larvas surgiam de um cadáver em decomposição, e répteis surgiam a partir do lodo dos rios; havia até uma receita para gerar ratos a partir de roupa suja e grãos de trigo). Aristóteles foi o maior divulgador dessa teoria, que prevaleceu até o século 17, quando foi contestada por muitos pesquisadores que apresentaram argumentos favoráveis a outra teoria, a da biogênese. Esta dizia que todos os seres vivos só podem originar-se de outros seres vivos preexistentes. Para explicar o surgimento do primeiro ser vivo, temos também duas hipóteses:
a) A vida surgiu por criação divina, ou...

b) A vida surgiu da evolução gradual de sistemas químicos (o que fere a segunda lei da termodinâmica, que mencionaremos a seguir).

O primeiro capítulo do livro de Gênesis, escrito há 3.500 anos, já fazia afirmações de acordo com a Lei da Biogênese (todos os seres vivos reproduziam-se "segundo a sua espécie"), o que só pôde ser confirmado cientificamente por volta de 1860, com os experimentos de Louis Pasteur. Hoje, porém, alguns cientistas ainda acreditam que a abiogênese ocorreu, para dar origem à vida, entre 3 e 4 milhões de anos atrás.



2. Leis da Termodinâmica:

Primeira Lei: Lei da conservação de energia. "A energia pode ser transformada (de uma forma para outra) ou transferida (de um lugar para outro), não podendo ser criada ou destruída."



Segunda Lei: Lei do aumento da entropia (grandeza termodinâmica que mede o grau de desordem). "Embora a energia seja conservada na transformação, existe um constante aumento de energia não utilizável (perda, entropia) associado ao processo de dissipação de energia." Dessa forma, A tendência natural de todos os sistemas é deteriorar-se, a partir do complexo para o simples, do organizado para desorganizado.

A Bíblia está completamente em sintonia com as leis da termodinâmica, pois mostra que o mundo criado caminha para desorganização e morte (Gênesis 3) – em outras palavras, o universo está envelhecendo, "o mundo está acabando!".

Outros Exemplos de Antecipações Bíblicas:

1) Lei da Conservação ("Na natureza, nada se perde, nada se cria, tudo se transforma", de Lavoisier): "Sei que tudo quanto Deus faz durará eternamente; nada se lhe pode acrescentar, e nada lhe tirar" (Ec 3.14).

2) Movimentação das Correntes Atmosféricas (Ciência Atmosférica): "O vento vai para o sul, e faz o seu giro para o norte; volve-se e revolve-se, na sua carreira e retorna aos seus circuitos" (Ec 1.6).

3) Ciclo Hidrológico (Geologia): "Todos os rios correm para o mar e o mar não se enche; ao lugar para onde correm os rios, para lá tornam eles a correr" (Ec 1.7).

4) Existência, no universo, de luz que não procede de corpos celestes: Gn 1.3,14. A luz foi criada no primeiro dia, e o Sol e as estrelas, no quarto dia. Hoje, os cientistas têm fotos de telescópios e princípios de eletroluminescência e luminescência química para comprovar isso.

5) Concepção de que a Terra é redonda: "Ele é o que está assentado sobre a redondeza da terra" (Is 40.22).

6) Gravidade: "Ele faz pairar a terra sobre o nada" (Jó 26:7b), mostrando que a Terra mantém-se equilibrada no universo por forças gravitacionais, não tendo nenhum tipo de apoio como se acreditava antigamente, com base nos conceitos da mitologia.

7) Distribuição não uniforme de galáxias no universo: "Ele estende o norte sobre o vazio" (Jó 26:7a). Atualmente, já se descobriu a existência de uma grande concentração de galáxias ao norte da Via Láctea e um grande vazio ao sul.

Além dessas citações, os capítulos 38 e 39 do livro de Jó trazem afirmações importantes abrangendo Geologia, Oceanografia, Física, Termodinâmica, Astronomia, Psicologia, Zoologia, Ciência Atmosférica e Biologia. Muitas outras citações bíblicas foram posteriormente confirmadas pela arqueologia e paleontologia, mas não podemos incluí-las por falta de espaço. Como se pode perceber, à medida que a ciência avança, a Bíblia continua cada vez mais atual e moderna.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este Comentário será exibido após moderação dos Editores da equipe Plugados com Deus!