Cristo Voltará Parte II

Rev. Daniel Carneiro*

A SEGUNDA VINDA DE CRISTO: O MODO DA SUA VINDA (segunda parte)
Queremos tratar de quatro coisas. Vejamos.
I- A Segunda Vinda de Cristo Será um Evento Único
Os dispensacionalistas fazem distinção de dois eventos da vinda de Cristo:
O primeiro é a vinda de Cristo PARA a Igreja. De acordo com esta teoria, Cristo virá invisível e secretamente e ficará nas nuvens de onde ARREBATARÁ seus santos para o céu.
A partir daí, haverá um período de SETE ANOS durante o qual o mundo será evangelizado, Israel se converterá, ocorrerá a grande tribulação e o anticristo se manifestará.
Quando terminarem os sete anos ocorrerá o segundo evento da vinda de Cristo, que é a vinda COM a Igreja. Nesta fase, as nações serão julgadas e será introduzido o milênio aqui na terra.
Esta teoria foi inventada em 1830 por um bispo anglicano chamado JONH NELSON DARBY que foi influenciado pelos padres JESUÍTAS que foram os primeiros a terem esta visão. Este ensino se tornou popular através da BÍBLIA de referências de SCOFIELD e dos institutos bíblicos, como por exemplo, o "Palavra da vida". Quem vai para estes institutos sai de lá com esta visão da escatologia.
De acordo com a Escritura, a vinda de Cristo será um evento único e não dois. Ou seja, Cristo virá uma só vez para sempre.
II- A Segunda Vinda de Cristo Será Pessoal, Física e Visível
1- Pessoal (At 1.11)
Neste texto aparece o pronome "esse" que em grego é "hutos" e tem sentido enfático de "esse mesmo". Isto significa que Jesus virá do céu pessoalmente outra vez. Ele não mandará um representante: um anjo, um serafim, um querubim ou um arcanjo. Ele virá pessoalmente.
2) Física e visível ( Mt 24.30; 26.64; Hb 9.28; Ap 1.7)
Nestes textos aparecem os verbos "aparecer" e "ver". Estas palavras perdem seu sentido natural se Cristo não vem física e visivelmente.
Os liberais, os modernistas e todos os hereges negam estes aspectos da vinda de Cristo, mas estão enganados e vão se decepcionar quando olharem para o céu e virem Cristo descendo. Eles vão bater nos peitos em sinal de desespero diante do grande evento da segunda vinda do Senhor.
Em Mateus 24.30 é dito que "todos os povos da terra se lamentarão" diante da vinda de Cristo. Este texto á uma alusão a Zacarias 12.10-12. Aqui aparecem expressões como:

"Pranteá-lo-ão", "chorarão". Tudo isto porque rejeitaram o Filho de Deus.
III- A segunda Vinda de Cristo Será Repentina
Com esta afirmação queremos dizer que Cristo virá de forma INESPERADA e tomando as pessoas de SURPRESA (Mt 24.37-44; 1 Ts 5.2,3).
Estas passagens comparam a vinda de Cristo com o dilúvio de Noé e com a chegada do ladrão. O dilúvio pegou as pessoas de surpresa e o ladrão não telefona avisando que vai chegar a alguma casa. Ele chega de repente trazendo terror a todos.
A volta de Cristo será assim. Ela vai acontecer num dia e numa hora em que ninguém sabe e nem espera. E por quê?
A Confissão de Fé, no capítulo 33, seção 3 responde assim:
"A fim de que eles – os homens – se despojem de toda confiança carnal, sejam sempre vigilantes, não sabendo a que hora virá o Senhor, e estejam prontos a dizer: "Vem logo, Senhor Jesus!". Amém".
A recomendação bíblica para nós é:"vigiai!".
IV- A Segunda Vinda de Cristo Será Gloriosa e Triunfal (Mt 24.29,30; Ap 19.11-16)
Quando Jesus vier na nuvem do céu haverá um grande barulho (1 Ts 4.16-18)
Este texto diz que a voz do arcanjo será ouvida por todos os vencedores:
"Ele está às portas. Vinde amados! Aquele a quem amais veio para encontrá-los".
Jesus vem com trombetas ressoando, com exércitos de anjos ou santos e com alarido. Os mortos serão ressuscitados, crentes e incrédulos. Os crentes vivos serão transformados e terá início o juízo final com o Senhor Jesus fazendo a separação entre ovelhas e cabritos e dando a sentença final a todos: a salvação a uns e a condenação a outros (Mt 25.31,34,46).
Em sua segunda vinda, o Senhor Jesus não virá como um cordeirinho manso pronto para o matadouro, mas virá como um leão feroz, revestido de justiça. Ele virá como "O Rei dos reis e o Senhor dos senhores" para salvar seus escolhidos e tomar vingança contra seus inimigos, banindo-os da sua presença e jogando-os no "fogo eterno" (2 Ts 1.7-10).
Feito isto, Cristo estabelecerá seu reino de justiça e paz para todo o sempre. Aleluia!
*Rev. Daniel Carneiro é Pastor da IPB e Prof. de Teologia Sistemática no SPN.

LEIA TAMBEM A PARTE I DESTE ESTUDO CLIQUE AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este Comentário será exibido após moderação dos Editores da equipe Plugados com Deus!