Palestina x Israel 10 Coisas que Todos Deveriam Saber


Creio que, antes de alguns sinceros e honestos (na maioria das vezes de forma inocente) partidaristas da causa palestina tecerem seus comentários inflamados contra Israel, eles deveriam ter em mente essa sucinta, mas impactante coletânea de fatos:

1- O primeiro estado de Israel foi fundado em 1312 a.C. Dois milênios antes do Islã.

2- Refugiados árabes residentes em Israel começaram a chamar a si mesmos de Palestinos em 1967. Duas décadas depois do "Novo Estado" de Israel.

3- Depois de conquistar sua terra em 1272 a.C. os judeus governaram a mesma por mil anos e manteram sua constante presença por mais 3.300 anos.

4- Por mais de 3.300 anos Jerusalém foi a capital judia. Nunca foi a capital de nenhuma identidade árabe ou muçulmana, mesmo sob o domínio da Jordânia oriental.

5- Jerusalém é mencionada mais de 700 vezes na Bíblia, e nenhuma vez é mencionada no Alcorão.

6- O rei Davi fundou Jerusalém. Há fortes indícios de que Muhammad nunca pisou em Jerusalém, ou que no máximo a visitou poucas vezes.

7- Os judeus oram voltados para Jerusalém; os muçulmanos oram voltados para Meca (considerada a cidade santa do Islã), dando assim as costas para Jerusalém.

8- Existem 22 países muçulmanos, sem contar com a Palestina. Só há um estado judeu.

9- As constituições do Fatah e Hamas proclamam a destruição de Israel. Israel cedeu a maior parte da orelha ocidental e a franja de Gaza a autoridades palestinas, tendo inclusive lhes proporcionado armamento.

10- As Nações Unidas mantiveram silêncio quando os jordanianos destruíram 58 sinagogas na antiga cidade de Jerusalém. Mantiveram silêncio quando os jordanianos saquearam o antigo cemitério do Monte das Oliveiras. E mantiveram silêncio quando os jordanianos lançaram as leis de apartheid, proibindo o acesso dos judeus aos templos e ao muro oriental.

Destaco, por fim, que não estou com isto tentando, e na verdade nunca fora minha intenção, "canonizar" os judeus, nem mesmo "condenar ao inferno" os muçulmanos/palestinos. O que quero, é expor a verdade dos fatos (tanto históricos quanto contemporâneos), sobre judeus e árabes, dando a cada um o que lhe é de direito e justo, sem a mistura tendenciosa e maléfica da grande mídia.


No demais, cada um que continue livremente a realizar seus julgamentos e a tomar suas posições, mas que sempre se saiba as veracidades dos fatos, para que assim não existam inocentes apologistas, tanto de lado, quanto de outro.
Fonte:[anchietacampos.blogspot.com] Adaptado.

2 comentários:

  1. sem fundamentos u.u Israel num cedeu nada pra Palestina, o território já era deles e foi roubado...

    ResponderExcluir
  2. Foi roubado meu caro?? Israel estabeleceu constante permanencia nas terras por mais de 2 milenios, dpois foram expulsos de lá pelos romanos (diáspora). Nao venha me dizer q Israel "roubou" as terras palestinas, eles somente retomaram oq ja erá deles!

    ResponderExcluir

Este Comentário será exibido após moderação dos Editores da equipe Plugados com Deus!