Márcio de Souza: Os levitas e o “parabéns pra você”

Márcio de Souza: Os levitas e o “parabéns pra você”

Você já percebeu qual a qualidade da nossa música evangélica? Ainda não, pois quando você atualizar seu repertório vai se decepcionar e muito. As versões para o português já encheram a cabeça. Sempre as mesmas coisas, exploram Michael W. Smith ao extremo, o cara deve viver de orelha quente lá na casa dele.

Já não surge um camarada como Sérgio Pimenta, Janires, Asaph, essa galera ta em extinção. Músicas que toquem ao coração, nem pensar. O negócio hoje é sacudir a massa ou ficar rindo o tempo todo na unção do anjo da risada.

O misticismo tomou conta de nossos compositores que só cantam coisas complexas aos ouvidos de quem quer curtir boa música. São os quatro seres viventes para cá, a entronização do trono de Deus para lá, é a corsa pulando para cá, o leão rugindo pra lá, uma zorra total.

Estava analisando a falta de criatividade e inspiração dos caras e cheguei a conclusão de onde está o erro. Ele está no fechamento da igreja para a boa música. Já faz tempo que a igreja instituiu o discurso que diz “levitas não podem ouvir música mundana” a pergunta é por quê? Se não podem ouvir música mundana, na hora do “Parabéns para você” eles devem se retirar e recusar profanar o santo oficio do levita.

O problema do referencial evangélico é que devido ao surgimento das adorações (extravagantes, ousadas, dos quatro seres...) ficou esquecido o legado dos grandes artistas cristãos. Daí a turma não teve alternativa a não ser debandar e ouvir os chamados e temidos “músicos seculares”.
Tenho uma opinião sobre isso. Pode até existir música profana, mas sustentar isso generalizando seria ignorar grandes obras primas da música como “Nessun dorma” de Puccinni, canção da América de Milton nascimento e uma série de outras canções que mexem com nosso ser. Há muita coisa bizarra na música secular, assim como há na gospel, mas tenhamos bom senso!

Um comentário:

  1. Olá equipe Plugados (Rene).
    Fiquem a vontade, por favor.
    Mesmo porque são partes de um dos livros do dr Gary.
    E o que mais vcs quiserem replicar, do meu blog, apenas mostrem a fonte, pois o Ecclesia é de vcs.
    Abraços!
    PS- vcs já estão no refresco cibernético espiritual, a direita do meu blog.
    Beto.

    ResponderExcluir

Este Comentário será exibido após moderação dos Editores da equipe Plugados com Deus!