Nova Campanha Gay na Espanha

ESCOLA SEM ´ARMÁRIOS´ NOVA CAMPANHA GAY



A Parada do Orgulho Gay em Madri comemora 40 anos nesta semana com uma nova reivindicação: aulas sobre homossexualidade nos colégios para acabar com as discriminações. O lema da manifestação será "Escolas sem armários". A campanha do lobby gay espanhol - que já conseguiu a aprovação de leis que permitem os casamentos entre pessoas do mesmo sexo, adoção de menores por casais gays, ajuda aos transexuais para mudança de sexo - agora pretende provocar uma revolução nas salas de aula.
Baseados em pesquisas sociológicas que denunciam casos de discriminação contra estudantes homossexuais, a Federação Estatal de Lésbicas, Gays, Transexuais e Bissexuais (FELGTB) exige mudanças no sistema educativo para incluir nas escolas uma disciplina ou temáticas que abordem a homossexualidade.

"O sistema educativo não pode deixar de lado tantos jovens que estão crescendo se sentindo perseguidos, marginalizados, culpados ou estranhos. É uma questão de resolver cedo os problemas de discriminação através da educação", disse à BBC Brasil o presidente da FELGTB, Antonio Poveda. "Parece mentira que no século 21 ainda haja casos de menores ridicularizados nos pátios escolares chamados de marica e tratados de forma pejorativa. Por isso vamos levar esta campanha às ruas declarando 2009 como o ano da diversidade afetivo-sexual na educação.".
NOTA: O que parece mentira é o fato da arbitrária e infame tentativa de grupos homoessexuais como esta ´federação´ espanhola de impor a aceitação de um comportamento heterodoxo aos padrões da sociedade, cujas implicações estão - justamente - no campo do sociológico, nada mais! É de responsabilidade dos pais a formação de seus filhos, e os pais PODEM e DEVEM imprimir seus valores (é por isso que grupos homossexuais brigam tanto por ´adoções´ e ´casamentos´), antes do governo, por exemplo. No caso homossexual, único do tipo, os homossexuais querem e "exigem" total ingerência sobre a formação das crianças, em detrimento de quaisquer orientações prévias de seus próprios pais!!!! E isto se dá, porque estes grupos "LGBT" querem que a sociedade aceite, à força, que a discordância de quaisquer práticas homossexuais e das implicações das mesmas seja imediatamente cerceada, sob a justificativa de que o cerceamento à liberdade houve primeiro, por parte daqueles que discordaram da prática gay. É um joguinho sujo, mas facilmente detectável, e as autoridades sabem sobre o pífio estratagema. Conselhos de pais, religiosos, sociedade civil de um modo geral já deveriam ter se manifestado, não somente rechaçando esta incompreensível ingerência na própria estrutura familiar, como pedindo explicações aos responsáveis por tamanho engodo explicaçõe sobre este ufanismo virulento. Os mentores de tal movimento já deveriam estar respondendo à Justiça!
Em Cristo Jesus,
Pr. Artur Eduardo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este Comentário será exibido após moderação dos Editores da equipe Plugados com Deus!