Dia em Que a Terra Parou

 

Cálculos de cientistas indicam que a Bíblia está certa.

Cientistas do programa espacial dos Estados Unidos, valendo-se de equipamentos avançados de informática, descobriram que são reais relatos bíblicos dando conta que há cerca de 3 mil anos o Oriente Médio ficou iluminado por um dia inteiro, e de outra vez o correr das horas voltou para trás por 40 minutos.


Os fatos, até agora considerados meras lendas do passado, foram comprovados por Robert C. Newman, PhD em astrofísica, e também pela equipe da empresa Curtis Engine Company, de Baltimore, Maryland, ambos citados por Harold Hill, presidente do Programa Espacial americano, em relato divulgado em Washington. Hill também contou a mesma descoberta para a publicação Science Speaks, newsletter da Editora Schoreder, dos EUA.

A Terra, naquele passado bíblico, aparentemente alterou seus movimentos em relação à Lua e ao Sol, e durante mais horas uma parte ficou iluminada e outra tão escura quanto à noite.

PASSADO. Os cálculos da constatação foram feito no Centro Espacial Goddard, em Green Bell, maryland. Estava sendo conferida a posição do Sol, Lua e Planetas do Sistema Solar no Espaço, de maneira a saber-se exatamente onde estavam em diversos momentos do passado desde 100 anos atrás.

Os cientistas da Nasa estavam ordenando o computador calcular para a frente e para trás, através dos séculos, quando houve uma parada brusca do equipamento: o computador parou e ligou um sinal vermelho, que significa que algo está errado. Inicialmente os cientistas pensaram que havia erro com as informações que o alimentaram ou com os resultados de parte dos cálculos . O pessoal da informática foi chamado, e concluiram: Não é a máquina. Está faltando um dia no passado. Os cientistas ficaram abismados. Não havia explicação possível para isso. Foi quando um deles comentou: "Quando eu era criança, na escola, falaram sobre um dia em que o Sol parou. Foi então que novos cálculos foram providenciados.

A descoberta dos cientistas da Nasa estão na Bíblia, no livro de Josué. Segundo o trecho, Josué estava preocupado pois seu povo estava cercado por inimigos e se a escuridão da noite chegasse, eles poderiam ser dizimados. Então, ainda segundo a bíblia, Josué pediu a Deus que fizesse o Sol parar . (Josué, 10: 12-13). Os cientistas fizeram o computador conferir os dias nos período citado pela Bíblia e descobriram que havia realmente a perda de 23 horas e 20 minutos no tempo. O fato bíblico não durou um dia, mas exatos menos 40 minutos que isso. Os cientistas sentiam-se em apuros com a perda de 23 horas e 20 minutos no passado: Não eram 24 horas exatas, em isso era uma nova incógnita a ser esclarecida para estabelecer as órbitas de satélites. Foi então que um especialista em Bíblia informou que em outra passagem bíblica constava a informação de que em outra certa vez o Sol andou para trás. A narrativa desse segundo fato está no segundo livro dos Reis. Isaías. Conforme o relato, ezequiel, em seu leito de morte foi visitado pelo profeta Isaías, que lhe disse que ele ia morrer. Ezequiel não acreditou e pediu um sinal dos céus, como prova. Isaías, então, disse: "Você quer que o Sol avance 10 graus? Não significa nada o Sol avançar 10 graus, mas sim que sua sombra ande 10 graus para trás! Então Isaías falou com o senhor e o senhor fez a sombra do Sol voltar 10 graus. (2 Reis 20: 0-11). Os cientistas do programa espacial dos Estados Unidos surpreenderam-se pela segunda vez. É que 10 graus são exatamente 40 minutos. Então, somando-se as 23 horas e 20 minutos encontrados pelo computador no período de Josué, com os 40 minutos citados na passagem de Ezequiel e Isaías, chega-se exatamente as 24 horas um dia perdido no universo.

Fonte:  Lista Parusia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este Comentário será exibido após moderação dos Editores da equipe Plugados com Deus!