Um pouco de exegese II Tm 3.16-18


 II Tm.3.16-18 Três aspectos da Palavra de Deus: a) Autoridade, b) Utilidade, c) Finalidade Observações:a) Autoridade-  theopneustos somente utilizada aqui, em todo o N.T. aspirada por Deus, literalmente SOPRADA POR DEUS, Theos Deus, pneuma, vento, sopro. A Escritura veio do interior do Pai, é o verbo escrito pelo Espírito. " O ensino rabínico dizia que o Espírito Santo pairava sobre e nos profetas, e falava através deles, de modo que as palavras deles não eram suas, mas provinham da boca de Deus, e eles falavam e escreviam no Espírito Santo. A Igreja Primitiva concordava com este ponto de vista." II Pe.1.21 "porque nunca jamais qualquer profecia foi dada por vontade humana; entretanto, homens [santos] falaram da parte de Deus, movidos pelo Espírito Santo."  entretanto, alla, adversativa enfática, realçando o contraste entre a fonte da profecia, não o homem MAS Deus!!. Falaram, elalesan, indicativo (certeza, fato, realidade), aoristo, aqui provavelmente constativo ( uma ação global, vista como um todo), ativa (sujeito pratica a ação), os homens de fato falaram. Movidos, feromenoi, particípio presente, ação simultânea ao verbo falar, ou seja, enquanto falavam os profetas estavam sendo movidos, dirigidos, conduzidos, capacitados pelo Espírito Santo. Apesar deles de fato falarem estavam sofrendo a ação de serem movidos, não eram eles realmente, mas o Espírito. A Chave Linguística comenta:"A palavra era usada para descrever os navios levados pelo vento (Atos 27.15,17) e a metáfora aqui é que os profetas levantavam suas velas e o Espírito Santo as inflava e dirigia suas embarcações na direção que quisesse." Meditemos nesta âncora para nossas almas, a Palavra do Senhor! Continue orando por nós, queremos ser úteis e fiéis, continuamente.
jc de JC.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este Comentário será exibido após moderação dos Editores da equipe Plugados com Deus!