Igreja Reformada em Campinas - Soli Deo Gloria: Seguindo a Jesus – Morrendo para Tudo! Discípulos ...

Seguindo a Jesus – Morrendo para Tudo! Discípulos de Jesus ou parte das Multidões?

Série de Estudos no Evangelho de Marcos
Marcos 1:12-20 - 12 Logo após, o Espírito o impeliu para o deserto. 13 Ali esteve quarenta dias, sendo tentado por Satanás. Estava com os animais selvagens, e os anjos o serviam. 14 Depois que João foi preso, Jesus foi para a Galiléia, proclamando as boas novas de Deus. 15 “O tempo é chegado”, dizia ele. “O Reino de Deus está próximo. Arrependam-se e creiam nas boas novas!” 16 Andando à beira do mar da Galiléia, Jesus viu Simão e seu irmão André lançando redes ao mar, pois eram pescadores. 17 E disse Jesus: “Sigam-me, e eu os farei pescadores de homens”. 18 No mesmo instante eles deixaram as suas redes e o seguiram. 19 Indo um pouco mais adiante, viu num barco Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão, preparando as suas redes. 20 Logo os chamou, e eles o seguiram, deixando seu pai, Zebedeu, com os empregados no barco.Divisão do Estudo:
I) MORRENDO PARA AS VONTADES DOS HOMENS – v.12-13 (Jesus dá o exemplo)
II) PREGANDO A MORTE ÀS PRÓRPRIAS VONTADES – v. 14-5
III) MORRENDO PARA AS VONTADES – O VERDADEIRO DISCÍPULO – v.16-20
Introdução:
* O que o Senhor tem nos chamado a deixar de lado para segui-Lo de todo coração?
* Quais tem sido os obstáculos que temos colocado como “boas” desculpas para não sacrificarmos tudo neste mundo para vivermos para Cristo somente?
I – MORRENDO PARA AS PRÓPRIAS VONTADES (v.12-13)
V. 12-13 - 12 Logo após, o Espírito o impeliu para o deserto. 13 Ali esteve quarenta dias, sendo tentado por Satanás. Estava com os animais selvagens, e os anjos o serviam. –
Logo após seu batismo – Jesus acabou de ser proclamado o Cristo e Filho de Deus – você esperaria anjos descendo e prostrando diante dEle, mas não é isso que ocorre. Jesus é levado/jogado (ekballo) pelo Espírito Santo ao deserto, onde é testado pelo Pai e tentado por satanás.
“40 dias” --- leva o leitor de volta aos 40 anos de Israel no deserto. Tempo no qual o povo judeu se rebelou contra o Senhor devido as vontades temporárias!
Deut. 8:1-2, 16 --- “1 Todos os mandamentos que hoje vos ordeno guardareis para os cumprir; para que vivais, e vos multipliqueis, e entreis, e possuais a terra que o SENHOR jurou a vossos pais. 2 E te lembrarás de todo o caminho, pelo qual o SENHOR teu Deus te guiou no deserto estes quarenta anos, para te humilhar, e te provar, para saber o que estava no teu coração, se guardarias os seus mandamentos, ou não... 16 Que no deserto te sustentou com maná, que teus pais não conheceram; para te humilhar, e para te provar, para no fim te fazer bem”
Em Mateus 4:1-11 e Lucas 4:1-13 – temos um relato mais completo da tentação. Marcos não foca nas tentações, mas na tentação em si, pois ele quer mostrar o poder de Jesus sobre satanás!
Como que Jesus vence as tentações? Como Jesus morre para as vontades carnais?
Submetendo-se a Deus através da aplicação das Escrituras/Bíblia.
Para cada tentação, Jesus cita uma passagem do Pentateuco!
Tiago 4:7 - Submetam-se a Deus. Resistam ao Diabo, e ele fugirá de vocês.
Deus concede a vitória e ajuda aos que se humilham e se submetem a Sua vontade!
Salmo 91:9-13 - 9 Porque tu, ó SENHOR, és o meu refúgio. No Altíssimo fizeste a tua habitação. 10 Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda. 11 Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos. 12 Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra. 13 Pisarás o leão e a cobra; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente.
· Jesus mostra como morrer para as próprias vontades e as conseqüências dessa morte – Vitória sobre satanás!
· Deus irá levar-nos a lugares onde seremos testados por Ele e tentados pelo diabo – precisamos estar submissos e enraizados na Palavra!
II) PREGANDO A MORTE ÀS PRÓPRIAS VONTADES (v. 14-15)
V. 14-15 - 14 Depois que João foi preso, Jesus foi para a Galiléia, proclamando as boas novas de Deus. 15 “O tempo é chegado”, dizia ele. “O Reino de Deus está próximo. Arrependam-se e creiam nas boas novas!”.
V.14 --- Marcos, por enquanto, não quer focar nos motivos e detalhes da prisão de João – ele fará isso mais tarde (6:14-29 – o rei Herodes havia casado com sua cunhada e Batista condenou o ato). Agora o evangelista está interessado na missão do Servo de Deus.
*Jesus sai do deserto e parte para a região da Galiléia! Uma grande parte do seu ministério será concretizado nessa região!
* Vai para a Galiléia – PREGANDO/PROCLAMANDO (kerysso) o Evangelho de Deus!
Mas o Evangelho é de Jesus Cristo ou de Deus?
Dos dois! É sinônimo! As Boas Novas de Deus é que o homem é reconciliado com Ele através da vida e da morte de Jesus!
V.15 - A Pregação de Jesus: “O tempo é chegado”, dizia ele. “O Reino de Deus está próximo. Arrependam-se e creiam nas boas novas!”
1) “O TEMPO É CHEGADO!” --- Que tempo é esse?
Ele não usa a palavra χρόνος (chronos - tempo linear), mas sim καιρός (kairos – tempo específico) --- um momento decisivo na história da humanidade. A era escatológica do cumprimento das profecias do Antigo Testamento.
Rom. 5:6 – De fato, no devido tempo, quando ainda éramos fracos, Cristo morreu pelos ímpios. 7 Dificilmente haverá alguém que morra por um justo, embora pelo homem bom talvez alguém tenha coragem de morrer. 8 Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores.
Ef. 1:10 - Nele temos a redenção por meio de seu sangue, o perdão dos pecados, de acordo com as riquezas da graça de Deus, 8 a qual ele derramou sobre nós com toda a sabedoria e entendimento. 9 E nos revelou o mistério da sua vontade, de acordo com o seu bom propósito que ele estabeleceu em Cristo, 10 isto é, de fazer convergir em Cristo todas as coisas, celestiais ou terrenas, na dispensação da plenitude dos tempos.
2) “O REINO DE DEUS ESTÁ PRÓXIMO” ---- O Reino de Deus não um tempo exato para ser cumprido, pois é algo eterno (passado-presente-futuro), cumprido e esperado, presente e iminente. “A declaração de que o Reino de Deus está próximo é dizer que Deus está cumprindo seu propósito eterno, ao invés de tentar especificar um tempo no passado ou no futuro” (R.T. France).
3) “ARREPENDAM-SE” ---- μετανοέω - mudança de mente, uma mudança radical no modo de pensar que te leva a agir de outra forma! Por isso é também mudança de direção.
* Isso não é uma vez só, não é um mero remorso, ou um mero sentimento de culpa – é a consciência que você transgrediu, pecou contra Deus e que necessita não repetir o pecado!
4) “CREIAM NO EVANGELHO” --- Crer no Evangelho vai muito além de um mero entendimento mental. Vai muito além de crer que o Evangelho é verdade. Crer (pisteo) significa confiar! Crer no Evangelho de Deus significar aceitar e comprometer-se! Crer no Evangelho significa viver o Evangelho! Sua fé é demonstrada por frutos e não por uma mera declaração!
Jesus prega que para entrarmos no Reino de Deus, para sermos cidadãos desse reino celestial é necessário que as nossas vontades carnais sejam mortas e mudadas, e que a nossa vida seja marcada pela confiança e comprometimento para com o Senhor!
* Morte para as nossas vontades!!!
E agora o evangelista vai demonstrar alguns exemplos.
III) MORRENDO PARA AS PRÓPRIAS VONTADES (v.16-20)
VS.16-20 - 16 Andando à beira do mar da Galiléia, Jesus viu Simão e seu irmão André lançando redes ao mar, pois eram pescadores. 17 E disse Jesus: “Sigam-me, e eu os farei pescadores de homens”. 18 No mesmo instante eles deixaram as suas redes e o seguiram. 19 Indo um pouco mais adiante, viu num barco Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão, preparando as suas redes. 20 Logo os chamou, e eles o seguiram, deixando seu pai, Zebedeu, com os empregados no barco.
Alguns fatos importantes a serem notados:
1) Jesus já conhecia esses homens – não foi a primeira vez que eles se encontraram (Lucas 5 e João 1:35-42).
2) Esses homens não eram “fáceis”. O caráter e a personalidade deles eram difíceis. A gente vê a soberania e poder de Jesus!
3) Esses 4 discípulos serão personagens de extrema importância para o decorrer da história.
VS. 16-17 - Andando à beira do mar da Galiléia (era um lago de 22 km de extensão e 6 km de largura – lugar com vários pescadores e barcos), Jesus viu Simão e seu irmão André lançando redes ao mar, pois eram pescadores.
17 E disse Jesus: “Sigam-me (chega de contato esporádico, chega de superficilaidade) e eu os farei pescadores de homens”.
** O que é de extrema contradição para a cultura judaica é que o rabino jamais chamava os discípulos!
Esse versículo demonstra toda autoridade, poder e soberania do rei Jesus!
1) É Ele quem chama –“sigam-me”
2) É Ele quem transforma as pessoas! Só Ele tem poder para transformar – “eu os farei”
3) A obra é toda dEle!!!
V.18-20 - No mesmo instante (euthus – imediatamente) eles deixaram as suas redes e o seguiram 19 Indo um pouco mais adiante, viu num barco Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão, preparando as suas redes. 20 Logo os chamou, e eles o seguiram, deixando seu pai, Zebedeu, com os empregados no barco..
3 coisas de extrema importância que foram deixadas para traz:
a)Deixaram as Redes” --- largaram aquilo que trazia toda a renda deles! Todo o dinheiro deles vinha através daquelas redes.
“Deixar as redes” significa uma total dependência da provisão do Senhor Jesus. Significa falar, “Senhor, se esse trabalho que provê tanto para minha família não é o que Você quer para mim, eu estou disposto a largá-lo para Te agradar!
Pouquíssimas pessoas estão dispostas a ouvir o Senhor Jesus dizer, “deixe essa rede aqui, quero te dar outra rede”. Mais e mais os cristãos lutam, sacrificam tudo para ter um emprego “bom”. O coração e o ouvido se endurecem tanto que não conseguem e não querem ouvir se o Espírito está querendo mover a família para uma nova direção!
** Essas redes que eles deixaram estava lotadas de peixes = $$$. Veja Lucas 5:6 Quando o fizeram, pegaram tal quantidade de peixes que as redes começaram a rasgar-se. 7 Então fizeram sinais a seus companheiros no outro barco, para que viessem ajudá-los; e eles vieram e encheram ambos os barcos, ao ponto de começarem a afundar.
Está Jesus, verdadeiramente, acima das suas vontades financeiras?
b)Deixaram o Pai” --- Numa cultura extremamente patriarca, onde o desonrar o pai e a mãe são pecados capitais – Jesus deixa claro que o discipulado, o seguir a Jesus vem acima de tudo e de todos!
Familiares - família, geralmente, é sempre um grande motivo de desculpas para não obedecermos a Cristo! Por temor físico, por medo de ofendê-los, mas Jesus mostra que o verdadeiro discípulo está disposto a perder esses laços familiares!
c)Deixaram os Empregados e os Barcos” --- Deixaram todo o conforto e segurança!
A maior desculpa hoje em dia para não sermos radicais por Jesus é a de que “eu preciso ser “prudente”!” --- Os cristãos hoje em dia vivem para o trabalho, para conseguir comprar mais e mais coisas, ignoram o chamado de Deus na vida para que consigam uma vida confortável e segura materialmente!
Muitos se denominam e se chamam de cristãos!
Mas poucos realmente são discípulos de Jesus!
Ser discípulo de Jesus NUNCA foi e NUNCA será algo gostoso, confortável e da moda.
As palavras mais duras de Jesus são para os que o seguiriam:
Marcos 8:34-38 - Então ele chamou a multidão e os discípulos e disse: “Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me. 35Pois quem quiser salvar a sua vida, a perderá; mas quem perder a sua vida por minha causa e pelo evangelho, a salvará. 36 Pois, que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? 37 Ou, o que o homem poderia dar em troca de sua alma? 38 Se alguém se envergonhar de mim e das minhas palavras nesta geração adúltera e pecadora, o Filho do homem se envergonhará dele quando vier na glória de seu Pai com os santos anjos”.
Lucas 9:57-62 - Quando andavam pelo caminho, um homem lhe disse: “Eu te seguirei por onde quer que fores”. 58 Jesus respondeu: “As raposas têm suas tocas e as aves do céu têm seus ninhos, mas o Filho do homem não tem onde repousar a cabeça”. 59 A outro disse: “Siga-me”. Mas o homem respondeu: “Senhor, deixa-me ir primeiro sepultar meu pai”. 60 Jesus lhe disse: “Deixe que os mortos sepultem os seus próprios mortos; você, porém, vá e proclame o Reino de Deus”. 61 Ainda outro disse: “Vou seguir-te, Senhor, mas deixa-me primeiro voltar e despedir-me da minha família”. 62 Jesus respondeu: “Ninguém que põe a mão no arado e olha para trás é apto para o Reino de Deus”.
Lucas 14:25-35 - Uma grande multidão ia acompanhando Jesus; este, voltando-se para ela, disse: 26 “Se alguém vem a mim e ama o seu pai, sua mãe, sua mulher, seus filhos, seus irmãos e irmãs, e até sua própria vida mais do que a mim, não pode ser meu discípulo. 27 E aquele que não carrega sua cruz e não me segue não pode ser meu discípulo. 28 “Qual de vocês, se quiser construir uma torre, primeiro não se assenta e calcula o preço, para ver se tem dinheiro suficiente para completá-la? 29 Pois, se lançar o alicerce e não for capaz de terminá-la, todos os que a virem rirão dele, 30 dizendo: ‘Este homem começou a construir e não foi capaz de terminar’. 31“Ou, qual é o rei que, pretendendo sair à guerra contra outro rei, primeiro não se assenta e pensa se com dez mil homens é capaz de enfrentar aquele que vem contra ele com vinte mil? 32 Se não for capaz, enviará uma delegação, enquanto o outro ainda está longe, e pedirá um acordo de paz. 33 Da mesma forma, qualquer de vocês que não renunciar a tudo o que possui não pode ser meu discípulo.
Temo que muitos cristãos não entendem a profundidade e o desafio que é ser discípulo de Jesus:
1) vida de submissão a vontade de Deus, como Jesus no deserto.
2) Uma vida de arrependimento e mudança radical constante da mente e das ações.
3) Uma vida de confiança – fé – total dependência da presença e da Palavra de Deus e não a dependência por bens materiais.
4) Uma vida que está disposta a “deixar as redes” – largar o tão batalhado e suado emprego, para viver na simplicidade do Evangelho.
5) Uma vida que está disposta a perder herança familiar, disposta a gerar “guerra” dentro da família, e sofrer outros danos por amor a Cristo!
6) Uma vida que não se importa com o conforto material.
Uma vida mais preocupada com agradar e a seguir a Jesus de perto, com ganhar almas do que com o conforto temporário!
Uma vida que pesca homens e não é pescado por homens/mundo!
Leia João 6:51-66! Veja que muitos abandonaram, pois não agüentaram!
FINAL:
Pai, eu oro para que o Senhor nos livre dessa mentalidade de que essa vida terrena e temporária é o que há de mais importante neste mundo – Livra-nos das tentações de sacrificar o nosso chamado para sermos santo por causa de empregos, dinheiro, diplomas, carros, roupas, e conforto! Faz-nos pescadores de homens e mulheres! Cristãos radicais pela Sua Palavra.
Perguntas para a semana:
1) Como posso ter a Palavra de Deus enraizada no meu coração para que quando for tentado possa citá-la?
2) Converse e pense sobre ARREPENDIMENTO e FÉ. Ache passagens que fale sobre esses dois assuntos.
3) Leia as passagens que fala o que envolve ser um discípulo de Jesus e examine se você realmente tem sido um discípulo de Cristo ou um membro das multidões.

2 comentários:

  1. OLÁ A PAZ DO SENHOR JESUS, GOSTARIA DE SABER ONDE FICA ESSA IGREJA SOLI DEO GLÓRIA EM CAMPINAS???

    ResponderExcluir
  2. Olá, paz. Onde fica a SDG em Campinas? Meu contato: marcogomes5351@gmail.com. Obrigado

    ResponderExcluir

Este Comentário será exibido após moderação dos Editores da equipe Plugados com Deus!