Presbiterianos no Brasil 150 anos: Origens e doutrina (2)


Continuando nossas perguntas e respostas sobre a Igreja Presbiteriana do Brasil. Conheça um pouco mais Igrejas Cristãs no Brasil existem muitas mas poucas tem 150 anos de História. caso deseje ler primeiro artigo clique aqui



8. Quem foi o primeiro missionário presbiteriano a vir para o Brasil?

R. Foi o Rev. Ashbel Green Simonton, que che-gou ao Brasil, no Rio de Janeiro, no dia 12 de agosto de 1859. Tinha apenas 26 anos de idade. Seu minis-tério durou apenas 8 anos, pois Simonton faleceu em São Paulo, no dia 8 de dezembro de 1867. A essa altura, porém, a nossa Igreja já tinha um presbitério (Presbitério do Rio de Janeiro), um Seminário, cin¬co pastores e três Igrejas organizadas (A Ia. do Rio de Janeiro, a 13 de São Paulo e a de Brotas, no Esta¬do de São Paulo).



9. Quando Simonton chegou ao Brasil, já havia aqui missionários de outras denominações?

R. Simonton encontrou, no Rio de Janeiro, o Dr. Robert Reid Kalley, médico escocês, que fazia um trabalho missionário independente. Do trabalho do Dr. Kalley resultou a Igreja Evangélica Fluminense. Havia também pastores que vieram acompanhando imigrantes europeus. Estes pastores, entretanto, se limitavam a dar assistência espiritual aos imigrantes. Simonton foi, portanto, o primeiro missionário enviado ao Brasil, com o objetivo de evangelizar os brasileiros. Os missionários de outras denominações só chegaram bem mais tarde.



10.    Em que estão baseadas as doutrinas da Igreja Presbiteriana?

R. Estão baseadas na Bíblia, a Palavra de Deus. Nossa Igreja não aceita nenhuma doutrina que não tenha base sólida nas Escrituras (Gl 1.8,9).



11.    Que é uma "doutrina baseada solidamente nas Escrituras Sagradas?"

R. É uma doutrina baseada na Bíblia toda ou, seja, que compreende todos os livros da Bíblia, do Gênesis ao Apocalipse. A nossa Igreja não aceita doutrinas baseadas em apenas algumas passagens ou textos isolados das Escrituras.



12.    Quais são os padrões doutrinários da Igreja Presbiteriana?

R. Nossa Igreja adota, como exposição das doutrinas bíblicas, a Confissão de Fé, o Catecismo Maior e o Catecismo Menor ou Breve Catecismo. Contudo, deve ficar bem claro que nossa única regra infalível de Fé e Prática é a Escritura Sagrada. Adotamos a Confissão de fé e os Catecismos como exposição do sistema de doutrinas ensinadas nas Santas Escrituras. Isto se faz necessário em virtude de a Bíblia não trazer as doutrinas já sistematizadas.



13. Quem elaborou a Confissão de Fé e os Catecismos?

R. A Confissão de Fé e os Catecismos foram elaborados por 151 teólogos de várias Igrejas Cristãs, reunidos na Abadia de Westminster, em Londres, na Inglaterra, de julho de 1643 a fevereiro de 1649. Estes livros foram preparados em espírito de oração e profunda submissão ao ensino das Escrituras.



14.    Que é Escritura Sagrada?

R. É a Palavra de Deus expressa em forma escrita. É o livro que nos dá conhecimento de Deus e de Sua vontade, necessário para a salvação" (2 Tm 3.15, 16). A Bíblia é composta de 66 livros, escritos, por, no mínimo, 36 Autores, que viveram em tempos e lugares diferentes, num período de 1.600 anos. No entanto, o Autor da Bíblia é o próprio Deus, que inspirou os Autores a que nos referimos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este Comentário será exibido após moderação dos Editores da equipe Plugados com Deus!